A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

26/03/2017 08:32

Música eletrônica leva dois DJs de Mato Grosso do Sul ao palco do Lollapalooza

Paula Maciulevicius
Com 21 anos, Gabriel Ricci que é nascido em Campo Grande e é considerado uma das maiores promessas do cenário eletrônico. (Foto: Henrique Gualtieri)Com 21 anos, Gabriel Ricci que é nascido em Campo Grande e é considerado uma das maiores promessas do cenário eletrônico. (Foto: Henrique Gualtieri)

No cenário da música eletrônica, ele assina "DJ Ricci". Com 21 anos, Gabriel Ricci que é nascido em Campo Grande, realizou o sonho de tocar no festival preferido. Nesse sábado, ele foi uma das atrações do Lollapalooza, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. 

DJ, compositor, cantor, produtor e violonista, Ricci chegou a ocupar no ano passado, a 13ª posição do chart Global Viral e 9ª do Brasil Viral, do canal Spotify, com “Wild Kidz”!, sendo um dos poucos artistas brasileiros no topo, ao lado de Lady Gaga, KingsofLeon, Major Lazer e FrankOcean.

O convite para o festival, segundo a assessoria do DJ, veio através de um dos sócios da agência a qual ele faz parte, Entourage.

"Estou bastante animado. O Lolla sempre foi um dos meus festivais favoritos, vai ser uma experiência incrível tocar no mesmo evento que artistas em quem me inspiro, como TheWeeknd, Metallica, TheChainsmokers, Marshmello, MØ", disse antes de subir ao palco.

Considerado uma das maiores promessas da música eletrônica nacional, na setlist do DJ, as tracks "Wild Kidz" e "Small Town" já tem mais de 500 mil visualizações no Youtube, além de "Lost generation", que ele acabou de lançar com um making of do clipe gravado recentemente, em Los Angeles, nos Estados Unidos. 

Música eletrônica leva dois DJs de Mato Grosso do Sul ao palco do Lollapalooza

Outro sul-mato-grossense na relação do festival é Vintage Culture, graças a mistura de deep house, synth pop e nu disco. Ontem, a apresentação foi a segunda vez dele no Lolla.

Lukas Ruiz, o nome de batismo, tem só 23 anos e ficou famoso com versões de músicas como Blue Monday, do New Order, e Bete Balanço, de Cazuza. Hoje, ele é o número 53 do ranking da DJ Mag.

Em 2015, chegou a lançar a série “On The Road”, com vídeos que contam em detalhes a sua vida com as turnês e sua ascensão na produção da música eletrônica no mundo.

O gosto pela música eletrônica surgiu na adolescência, quando encontrou um CD antigo que pertencia ao tio. De lá pra cá, já passou pelo Egito, França, Rússia, África do Sul, Inglaterra, Sri Lanka, Canadá, Ibiza, Turquia, Taiti, Austrália, pelo Rock In Rio e também pela Tomorrowland.

"Foi em 2008 que eu ganhei um computador e decidi na internet iniciar as produções musicais, usando programas de edição e compartilhando em uma plataforma de músicas online", explicou em 2016, durante entrevista ao Lado B.

Curta o Lado B no Facebook.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.