A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Julho de 2019

26/06/2019 09:01

Nesse inverno, férias podem esquentar em fonte termal a 100m da divisa com GO

O friozinho pede mais do que cobertores, por isso o Lado B preparou um roteiro para te fazer sair de casa e viajar

Alana Portela
Nas fontes é possível ver o vapor causado pela temperatura da água (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)Nas fontes é possível ver o vapor causado pela temperatura da água (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)

A 40 quilômetros do município de Cassilândia, logo após a divisa com o estado de Goiás, a Lagoa Santa chama atenção pela beleza e águas cristalinas na temperatura entre 29°C a 31°C graus, quentinhas, que ajudam a relaxar, principalmente, no inverno. Esse friozinho pede mais do que cobertores, então o Lado B preparou roteiro para te fazer sair de casa e aproveitar o que a natureza tem de melhor, pegando a estrada.

No Hotel Thermas Lagoa Santa, a propaganda para os turistas é feita por fotos. Segundo o gerente operacional, Juraci Ferreira de Matos, durante o período de alta temporada, o lugar chega a receber  280 pessoas por dia. 

“É um balneário natural de água termal com temperatura de 29 °C a 31 °C. O que condiciona a profundidade da fonte é o Rio Aporé, que divide os estados de Mato Grosso do Sul e Goiás, por conta disso varia. Nesse período de seca mede de 60 centímetros a 1,90 metros”, explica.

A fonte fica na propriedade do Hotel Thermas Lagoa Santa (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)A fonte fica na propriedade do Hotel Thermas Lagoa Santa (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)

Juraci comenta sobre o tempo de existência da lagoa. “Os primeiros relatos em jornais são de 1.880 da Gazeta de Uberaba (MG). A área total do empreendimento é de 370 mil metros quadrados e é onde está localizada a Lagoa Santa, santuário natural de águas termais e totalmente cristalinas”, afirma.

O nome Lagoa Santa pode ser explicado pelo fato de muitos procurarem o local para fazer tratamentos de saúde. “Indicada para tratamento como reumatismo, problemas renais, estomacais, de pele e muitos outros, além de servir também como grande fonte de relaxamento e renovação das energias perdidas com o desgaste físico e psíquico do dia a dia”, diz Juraci.

Nas fotos feitas pelos funcionários do local é possível notar o vapor da água subindo, aquela harmonia entre o homem e a natureza. Ver aquelas águas cristalinas, as pedras, os peixes nadando traz a sensação de calmaria e tranquilidade.

Dá para mergulhar e relaxar na fonte (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)Dá para mergulhar e relaxar na fonte (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)

“Na Lagoa Santa, a flora e a fauna estão totalmente preservadas, o complexo turístico é cercado por mata praticamente intacta, que serve como local de reprodução de animais, como tamanduá-bandeira, capivaras e aves. A região apresenta clima tropical com temperaturas oscilando entre 15ºC a 38ºC, no verão e 4ºC a 20ºC no inverno, sendo o período chuvoso de outubro a abril e estiagem de maio a setembro”, informa Juraci.

Existem duas formas para visitar o local, a primeira é se hospedando no hotel com a liberação da lagoa 24h, ou pagando entrada de R$ 30,00 para aproveitar a lagoa das 9h às 18h.

MS x GO - A lagoa fica a 100 metros da divisa com Mato Grosso do Sul, e mais 40 quilômetros até o Centro da cidade de Cassilândia. De Campo Grande até lá, são cerca de 483 quilômetros e para quem tiver interesse em conhecer, dá para juntar a galera e passar o final de semana descansando.

A temperatura da água varia de 29 ºC a 31 ºC (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)A temperatura da água varia de 29 ºC a 31 ºC (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)
O local recebe vários visitantes por dia (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)O local recebe vários visitantes por dia (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)

A reportagem fez várias pesquisas de passagens até o local, no entanto, por ser fora de Mato Grosso do Sul não tem ônibus ou van que leve direto até à fonte. Contudo, dá para chegar perto com a empresa São Luiz, que leva até o município de Cassilândia e o valor da passagem é R$ 107,51. Outra opção é ir até a cidade de Paranaíba-MS que fica a 70 quilômetros da lagoa, porém o valor aumenta para R$ 119,77.

Já a Viação Nobre leva até Itajá – GO, com parada em Cassilândia. O preço da passagem é R$ 105,00. Aqueles que ficarem na cidade podem procurar taxi ou tentar viagem através de aplicativos até à fonte da Lagoa Santa.

Hospedagem - Para hospedagem, tem o Conrado Palace Hotel com diária de R$ 100,00, com direito a café da manhã. O local fica a 100 metros da fonte.

Já no Hotel Thermas Lagoa Santa, a diária para duas pessoas no mês de julho – período de alta temporada – varia de R$ 439,00 a R$ 475,00. No valor está incluso café da manhã, almoço e jantar.

Contatos - Empresa São Luiz (67 3321-1890); Viação Nobre (67 3387-8340); Conrado Palace Hotel (64 3640-1108 ou 64 9 9975-4427); Hotel Thermas Lagoa Santa (64 3640-1122)

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram

As águas das termas são cristalinas (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)As águas das termas são cristalinas (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)
Apesar da temperatura, tem peixes na lagoa (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)Apesar da temperatura, tem peixes na lagoa (Foto: Arquivo Hotel Thermas Lagoa Santa)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.