A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

05/04/2017 08:16

Pare para contar e descubra que Campo Grande não é a terra do sertanejo

Organizamos uma listinha para provar que aqui tem mais rock e blues do que sofrência universitária

Thailla Torres
Tem muito estilo diferente em Campo Grande, sim. (Foto: Sis Lounge)Tem muito estilo diferente em Campo Grande, sim. (Foto: Sis Lounge)

"Campo Grande, a terra do sertanejo" é discurso pronto na cabeça de muita gente. Mas basta dar uma olhada nas redes sociais ou uma volta pela cidade para descobrir que isso virou folclore. É claro que tem muita sofrência nas rádios, cantoria em conveniências, mas se a gente colocar no papel quantos bares são sertanejos e quantos têm outros estilos musicais, o rural acaba em desvantagem. 

O rock e o blues andam super bem por aqui. Para provar isso, o Lado B  organizou uma listinha com locais para se divertir sem ouvir sertanejo. A programação começa já na quarta-feira, quando é possível curtir um happy hour ao som de rock.

Recycle Club - É a casa noturna mais recente de Campo Grande, aberta na Avenida Calógeras. Com dois ambientes, uma decoração sustentável e um estilo alternativo, o lugar abre de quinta-feira a sábado com reggae, techno e psy trance no repertório. A programação também inclui shows de bandas regionais semanalmente.

Para quem curte rock, também não falta opção. Só na Rua 15 novembro, regiãol central, há duas casas.

Blues Bar é conhecido pelo repertório de blues e clássicos do rock'n roll. Agora, o lugar também tem programação toda terça-feira com o projeto Kararockê, um karaokê com banda a partir das 20h.  

Jack Music Pub - O espaço também dedicado ao blues e rock, funciona de quarta-feira a domingo com happy hour. A programação começa cedo, às 18h30. Tem quinta-feira com entrada free, quando o som rola na calçada. 

Bar fly - Outro lugar conhecido por ser tradicional reduto do rock e do blues em Campo Grande, agora também bomba com eletrônico na festa LGBT todo mês. O local abre sextas, sábados e vésperas de feriado.

Holândes Voador - Na Avenida Calógeras, o lugar é um dos únicos redutos undergrounds de Campo Grande. Abre espaço para bandas autorais de punk, hardcore e heavy metal. Além do som, a galera pode se divertir com as máquinas de fliperama. Abre de quarta a domingo a partir das 17 horas.

Old Motors Pub - Para quem gosta de rock, o lugar tem som de terça a sexta-feira. Também é conhecido pelo palco aberto para quem quiser ensaiar ou mostrar o trabalho de terça a quinta, a partir das 18 horas. Basta entrar em contato com a casa.

21 Music Bar - Abre de quarta a sexta feira. O lugar que começou como uma referência universitária tem espaço para todos os públicos. O estilo vai do MPB, samba, rock e reggae toda semana com bandas regionais e atrações nacionais.

Move Club - A casa que por muito tempo só tocou o ritmo eletrônico, agora é referência no rap e vem trazendo grandes atrações do cenário hip hop do País. Já passaram por lá os rappers Emicida, Filipe Ret, Karol Conká, Rael e os grupos 3030, Oriente e Haikaiss.

Cactus Show Bar - No Centro, a casa abre de quinta-feira a domingo com uma mescla. Tem eletrônico, sertanejo e até balada cristã com música gospel para adultos e crianças. 

Capim Guiné - O bar com vista para a Lagoa Itatiaia é recanto alternativo. O lugar abre de terça a sábado, mas tem dia especial com jazz e samba. Aos domingos, o estilo garantido é o rock.

Drama Bar - A semana começa divertida na quarta-feira no bar que abriu as portas com cinema, artes plásticas, moda e muita discotecagem. É um dos redutos mais alternativos e que o sertanejo não entra na trilha sonora, mas ninguém fica parado ao som de outros estilos.

Barô - Um lugar com decoração sofisticada, tem banda com repertório que vai do rock à Bossa Nova. A casa abre de quinta-feira à sábado a partir das 18h.

Para quem gosta de agitação a noite toda, com música eletrônica, pop e shows de drag queen, pode curtir o SIS Lounge no bairro Chácara Cachoeira, espaço voltado ao público LGBT e abre toda sexta e sábado a partir das 23h.

Non Stop - Também é uma opção com noites agitadas ao som de música eletrônica, festas temáticas, shows e performances. O lugar abre toda sexta e sábado.

Al Capone Music Bar -  Tem programação de terça à sábado. O bar não cobra entrada e nem couvert e estilo garantido é o rock, mas rola também programação com MPB, blues e samba rock.

Se a gente esqueceu de algum lugar, manda de sugestão pra gente no Facebook.

Matéria editada às 12h43 para acréscimo de informações.



Lembro da época em que Campo Grande tinha uma rádio que só tocava rock, a Rádio Ativa, e isso foi na década de 1990.

Hoje as rádios campo-grandenses só tocam essa choradeira sertaneja 24hrs.

 
wild em 06/04/2017 14:15:10
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.