A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

28/06/2018 16:07

Sem retorno financeiro, Bar Valu fecha as portas com festa marcada para julho

Durantes três anos, o local foi palco de várias apresentações artísticas e cenário de muita alegria de quem frequentava o espaço.

Willian Leite
Inauguração do bar em 2015, com roda de samba. ( Arquivo / Vanessa Tamires)Inauguração do bar em 2015, com roda de samba. ( Arquivo / Vanessa Tamires)

A história que começou na esquina da Rua da Imprensa com Rui Barbosa e depois de nove anos voltou a ser escrita na Rua 13 de Maio, no Bairro São Francisco, vai novamente dar uma pausa no dia 14 do próximo mês. O Bar Valu, administrado por Silvana Valu e Jefersson Contar, encerra as atividades em Campo Grande.

Em 2015, quando Silvana reabriu o espaço, a intenção era reunir amigos com arte, cultura e muita diversão e após nove anos fechado, o tradicional e conhecido bar, voltou a receber artistas e várias atividades contemporâneas.

No último sábado, Silvana postou numa rede social a satisfação que teve em manter durante três anos o espaço onde recebia seu público e seguidores do Carnaval, mas anunciou o fim do bar por problemas financeiros.

“Na verdade tá difícil de continuar mantendo o bar financeiramente. Optamos por fazer um tipo de música e não consegui ampliar o público. Tínhamos muito trabalho para pouco retorno financeiro”, explica.

 

Motivadora da cultura local, silvana também promoveu A festa junina do Cordão Valu no início deste mês. (Foto: Paulo Francis)Motivadora da cultura local, silvana também promoveu A festa junina do Cordão Valu no início deste mês. (Foto: Paulo Francis)

Silvana diz ainda que ela e o marido Jefferson Contar se aventuraram no mundo das artes e que não conseguiram fazer durante o tempo que estiveram de portas abertas nem a metade do que planejaram, mas que foi uma satisfação movimentar a cultura e valorizar a Música Popular Brasileira em tão pouco tempo.

“Não conseguimos fazer metade do queríamos quando abrimos o bar, porém, fizemos coisas que nem se quer imaginávamos, foi um grande prazer trabalhar com todos, amigos, músicos, atores, artistas das artes plásticas, cantores, todos nos fomos muito felizes, agradeço a cada um, e levo todos no meu coração”, emenda.

Silvana Valu, mesmo sem opção de manter o negócio, enaltece todos que prestigiaram o local enquanto esteve aberto.

“Campo Grande tem uma produção artística e musical incrível, não fica atrás de ninguém. Quando os escafandristas chegarem e virem tudo o que foi produzido aqui vão ficar espantados, que num lugar simples como nosso tenha tanta expressividade artística, tanta gente boa produzindo”, destaca.

Silvana Valu durante o desfile de blocos no carnaval deste ano.  (Foto: Paulo Francis)Silvana Valu durante o desfile de blocos no carnaval deste ano. (Foto: Paulo Francis)

Ícone do Carnaval de Campo Grande, ela agradece a todos que partilharam de seu sonho e revela que tem novos projetos. O objetivo é continuar trabalhando com músicos e artistas locais, mas com foco mais itinerante, sem vinculo físico.

“Não queremos parar com o que gostamos de fazer, mas confesso que pretendemos realizar atividades ao ar livre, sem cunho comercial, mas para incentivar nossa cultura, até porque neste tempo em que estivemos com o bar aberto, descobrimos um tesouro escondido que deve ser explorado”.

A festa de encerramento das atividades está marcada para o dia 14 de julho e quem fará a animação será a cantora Alba Lessa de Três Lagoas.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.