A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

04/08/2019 07:45

Sem usar animais, amigos ocupam praça com 1° Circuito Laço Boi Parado

Além das disputas, Praça de Eventos Leandro Corrê, em Terenos, receberá shows e comidas típicas

Danielle Valentim
Estrutura de madeira que imita um boi ou cavalete é laçada por competidores. (Foto: Reprodução/Internet)Estrutura de madeira que imita um boi ou cavalete é laçada por competidores. (Foto: Reprodução/Internet)

O primeiro Circuito Laço Boi Parado de Terenos, a 28 km de Campo Grande, será realizado neste domingo (4). A ideia surgiu no início do ano e depois muito planejamento sai do papel direto para a Praça de Eventos Leandro Corrêa.

O evento resgata a paixão pelo esporte sem maltratar os animais, juram os organizadores. O ato de laçar o boi parado ou o cavalete é o primeiro passo para quem deseja se profissionalizar no laço comprido.

Cansados do fim de semana parado e com desejo de promover algo cultural, quatro amigos decidiram pôr a mão na massa. Um dos integrantes, o funcionário público Agnaldo da Mota, de 38 anos, conta que tudo começou com uma foto.

“Meu irmão, Luziano Lázaro, conhecido aqui como Pé de Galo, passava por Camapuã e resolveu me mandar uma foto da festa que estava acontecendo lá. Fiquei inspirado a fazer uma festa aqui em Terenos. Chamei um primo e mais dois amigos e começamos a conversar sobre a possibilidade”, conta.

Cada um ficou com uma função e a organização levou quase sete meses até finalmente poder ser anunciada. Além de Agnaldo, a festa foi moldada pelo o empresário Vagner Alves, de 36 anos, conhecido como Vaguinho, e os funcionários públicos Anderson Mota, 34 anos, e João Borges Filhos, de 37 anos.

Neste domingo, o clima será de competição, mas o laço de boi parado também é brincadeira que virou tradição entre os amantes da modalidade, pois une todas as idades.

As regras básicas consistem em armar uma laçada perfeita no boi de madeira. O laço é jogado em uma distancia de três metros do “boi” e a armada deve ter até quatro metros. Praticantes de cidades como Sidrolândia, Bonito, Nova Alvorada, Campo Grande e Dois Irmãos do Buriti já confirmaram presença.

As inscrições serão realizadas na hora pelo valor de R$ 20. O participante terá direito a duas armadas. Apesar de a disputa valer prêmios, o que vale mesmo é a diversão do dia que será animado pela cantora LaianeMotta e dupla Bruno e Dieslon.

A praça receberá tendas com a venda de comidas, bebidas e para reunir os participantes e toda a família, um espaço kids será montado. Haverá treino de laço para as crianças para a divulgação do esporte.

Esse será o cavalete para os finalistas. (Foto: Divulgação)Esse será o cavalete para os finalistas. (Foto: Divulgação)

Prêmios - Crianças, adolescentes e adultos poderão participar do Circuito, porém, devem estar preparados para competir. “Pessoal que pratica laço comprido começa treinando com o cavalete. Mas tem uma gurizada de 9 a 11 anos, que vai dar trabalho para gente grande”, frisa Agnaldo.

Os três finalistas receberão um cavalete personalizado. No entanto, o primeiro lugar levará para casa R$ 300,00, o segundo R$ 150,00 e terceiro R$ 100,00.

O evento tem início às 8h e segue o dia todo, com competições, shows musicais e comidas típicas. A praça fica Rua Pedro Celestino, 444-468 - Res. Leandro Correa de Oliveira, Terenos.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.