ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 20º

Faz Bem!

Ricas em vitaminas, truque para comer frutas no frio está na receita

Se para algumas pessoas já é difícil comer fruta no calor, pensa quando a temperatura cai? Nutricionista ensina truque para comer

Por Alana Portela | 13/07/2020 06:34
O indicado é comer várias frutas ao dia, como a banana, maça, uva e laranja. (Foto: Alana Portela)
O indicado é comer várias frutas ao dia, como a banana, maça, uva e laranja. (Foto: Alana Portela)

Se para algumas pessoas já é difícil comer fruta no calor, imagina no frio, né? Isso acontece porque o corpo sente a mudança de temperatura e tem a necessidade de manter-se aquecido. Por isso, as frutas ficam mais de lado e a preferência é por pratos quentes.

“O nosso corpo sente a mudança de temperatura e precisa se manter aquecido, por isso sentimos vontade em consumir alimentos mais quentes como caldos e sopas”, explica a nutricionista Maíra Zomkowski Ozorio.

Mas, para não deixar as frutas de lado, o truque é apostar nas receitas quentes durante o inverno. “Algumas opções para servir a fruta quentinha, como: banana grelhada na frigideira com canela, panqueca de banana, abacaxi grelhado com canela ou no micro-ondas por alguns segundos e até mingau com banana”, enumera a nutricionista.

Duas receitas podem ser conferidas no fim da matéria e dá para fazer em casa rapidinho. Apesar de todos saberem que é necessário incluir as frutas no cardápio, a nutricionista reforça a importância delas na alimentação.

“As frutas são ricas em fibras e repletas de vitaminas importantes para o organismo, por isso seu consumo deve ser diário. Um adulto deve ingerir em média cinco frutas ao dia e uma criança em torno de três a cinco frutas”.

O costume de comer frutas todos os dias é um hábito que, normalmente, se adquire na infância. “Se os pais possuem esse hábito, certamente os filhos também terão. Hoje, o consumo de alimentos industrializados que são ricos em gordura e açúcares, viciam o paladar das pessoas, prejudicando o paladar para alimentos mais saudáveis”, diz.

Aos que querem incluir as frutas na alimentação diária, a nutricionista orienta. “Para mudar um hábito alimentar é preciso iniciar com calma. Você pode começar a consumir através de preparações como os famosos sorvetinhos de frutas caseiro. Inicie comendo meia fruta e com o passar dos dias aumente a quantidade, até seu paladar se acostumar com o novo sabor e textura”.

Seja amarela, verde, vermelha, alaranjada e até roxa, todas as frutas são boas opções para saúde. No entanto, se ainda não souber por qual começar, outra dica é consumir as frutas da safra.

“Possuem menos agrotóxicos. Opte por variar as frutas, sempre incluindo frutas ricas em vitamina C, como laranja e mexerica, e frutas ricas em vitamina A como o mamão. O importante é ter uma alimentação bem colorida e variada”, destaca.

Sobre como incentivar, principalmente as crianças a comerem frutas, ela diz. “É difícil melhorar o hábito da criança se os pais não mudarem, pois a família é o maior incentivo dela. Também acredito no papel da escola como incentivadora da alimentação saudável. Quando atendo uma família, o primeiro passo é reduzir os industrializados da alimentação diária, para que possamos melhorar a aceitação de alimentos saudáveis”.

Mingau de banana pronto para ser consumido e com coco ralado por cima. (Foto: Sementinha Nutrição)
Mingau de banana pronto para ser consumido e com coco ralado por cima. (Foto: Sementinha Nutrição)

Receitas – Aos que desejam mudar de hábito ou que não querem deixar as frutas de lado durante o frio, a nutricionista postou algumas receitas rápidas e práticas em seu perfil do Instagram @sementinhanutricao, começando pelo mingau de banana.

Ingredientes: 

  • ½ banana amassada ou em rodelas
  • 1 xícara de chá de leite ou bebida vegetal de coco
  • 3 colheres de sopa de farinha ou flocos de aveia ou canela em pó

Modo de preparo: Em uma panela, adicione todos os ingredientes e mexa até engrossar.

Outra receita que a nutricionista também compartilhou é “Maçã assada com iogurte”. Essa foi recompartilhada do perfil @panelinha_ritalobo e também é fácil de fazer em casa.

Ingredientes:

  • 1 maçã fuji
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1 pitada de gengibre em pó
  • Noz-moscada ralada na hora a gosto
  • 1 pote de iogurte natural (cerca de 120 g)

Modo de preparo: Lave bem a maçã sob água corrente. Mantenha a casca e corte a maçã ao meio, no sentido do comprimento. Corte cada metade em 4 pedaços e descarte o miolo com as sementes. Numa tigela de vidro, junte a maçã, o mel, a canela, o gengibre e a noz-moscada. Misture delicadamente com uma colher.

Na sequência, cubra a tigela com filme e, com uma faquinha, faça um furo no centro para que o vapor saia durante o cozimento. Em seguida, leve ao micro-ondas para rodar por cinco minutos em potência alta, assim, a maçã vai cozinhar e formar uma calda. Depois, com cuidado, retire o filme e sirva a maçã (com a calda) com o iogurte. Também pode ser consumido sem o iogurte como recheio de panquecas ou tapioca.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.