ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 26º

Sabor

Bar tem fábrica para ver de perto e dono serve chope ‘direto da fonte’

Cervejaria no Tiradentes tem capacidade para produzir e armazenar 60 mil litros da bebida por mês

Por Idaicy Solano | 21/06/2024 08:08
Evandro Endrigo abriu cervejaria no Bairro Tiradentes, com direito a fábricação própria(Foto: Alex Machado)
Evandro Endrigo abriu cervejaria no Bairro Tiradentes, com direito a fábricação própria(Foto: Alex Machado)

Com um visual que nitidamente enaltece a cerveja e traços do Pantanal sul-mato-grossense, uma cervejaria artesanal no bairro Tiradentes é o novo point para quem não dispensa um lugar em que o dono simpático é sem frescura e ama servir a famosa comida de boteco e música ao vivo quase todo dia.

 O ponto alto do negócio, sem dúvida, é a cerveja. São três tipos de chopes “direto da fonte”, como diz o dono. A bebida é produzida e armazenada no próprio endereço, que conta com uma fábrica própria e uma equipe especializada na produção. Os irmãos Evandro Endrigo, Everaldo Luiz Endrigo e Márcia Elisa Endrigo administram a casa que há seis meses está de portas abertas na Avenida Marquês de Pombal.

Em terreno de 1600 metros quadrados, a capacidade da casa é para 200 pessoas. E quem chega ao salão dá de cara com a estrutura da fábrica própria, bem atrás do balcão de atendimento, perfeito para quem não dispensa uma boa foto com o copo de chope na mão.

Anexo ao estabelecimento, também foi construída uma pequena sala, equipada com máquinas de chope de autoatendimento, copos, uma mesa e uma cadeira, que funciona para os clientes que desejarem apenas pegar a bebida e ir embora, sem adentrar no salão.

Cervejaria é um sonho de Evandro, que acreditou no potencial do bairro e quis levar uma cervejaria bacana para a região. (Foto: Alex Machado)
Cervejaria é um sonho de Evandro, que acreditou no potencial do bairro e quis levar uma cervejaria bacana para a região. (Foto: Alex Machado)

Segundo Evandro, o estabelecimento levou cerca de dois anos para ficar pronto, antes de ser inaugurado há seis meses. A identidade visual do local foi pensada para remeter ao estilo regional, ressaltando as belezas do Pantanal sul-mato-grossense, além de trazer conforto para o público.

Além dos chopes, no local também são servidos drinks e comidas. O carro-chefe, segundo o proprietário, é a Matula Pantaneira, uma bolinho bem recheado e cremoso. Já exeprimentamos, vale mesmo o pedido. Outra sugestão indispensável é o pastelzinho de carne seca.

“Tudo que a gente fez aqui foi pensado totalmente no cliente, desde a mesa, estilo de atendimento, bancada, os estilos de chope, a temperatura deles, porque a gente tem um clima tropical aqui”, destaca Evandro.

Estrutura conta com auto atendimento, para quem não frequentar o salão (Foto: Alex Machado)
Estrutura conta com auto atendimento, para quem não frequentar o salão (Foto: Alex Machado)
Pinturas que retratam a fauna sul-mato-grossense fazem parte da identidade do local (Foto: Alex Machado)
Pinturas que retratam a fauna sul-mato-grossense fazem parte da identidade do local (Foto: Alex Machado)

Por dentro da fábrica 

A fábrica tem capacidade para produzir e armazenar 60 mil litros de chope por mês, além de ter abastecimento próprio de água, vindo de um poço de 135 metros, construído embaixo da fábrica. Além de abastecer a cervejaria, Evandro também distribui para as cidades de Bonito, no interior de Mato Grosso do Sul, e em Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso.

O responsável pela produção é o mestre cervejeiro Bruno Lucas, 34, e sua equipe, composta por mais dois profissionais. Conforme ele explica, hoje a fábrica trabalha com três tipos de cervejas: hop lager, pilsen e ipa. O processo é dividido em três etapas, e leva até 28 dias até ficar pronto para o consumo.

A primeira etapa é chamada de brassagem, que dura em média de 8 a 12 horas. Essa etapa consiste em moer o grão do malte e adicionar água, a uma temperatura que varia entre 40 e 78 graus. “Esse malte vai ficar ali por mais ou menos umas duas horas e meia, em várias rampas de temperatura. Cada temperatura é uma enzima trabalhando”, explica Bruno.

Depois, é separado o sedimento do líquido, que será fervido para adicionar o lúpulo. A essa altura do processo, o líquido chega a 98 graus, e passa por uma troca de calor, para resfriar.

Na segunda etapa, é adicionado a levedura, que será responsável por começar a parte da fermentação, que dura sete dias. “Esse líquido acaba sendo um líquido doce, só não é tão doce porque o lúpulo dá uma quebrada. Então essa levedura vai comer o líquido do açúcar e transformar em álcool”. A última etapa é a da maturação, que dura em média 28 dias.

O mestre cervejeiro Bruno e o proprietário Evandro servindo bebida direto da fonte. (Foto: Alex Machado)
O mestre cervejeiro Bruno e o proprietário Evandro servindo bebida direto da fonte. (Foto: Alex Machado)
Fábrica tem capacidade para produzir e armazenar 60 mil litros de chope (Foto: Alex Machado)
Fábrica tem capacidade para produzir e armazenar 60 mil litros de chope (Foto: Alex Machado)
Ali, dono e cervejeiro experimentam todo dia o chope para avaliar a qualidade (Foto: Alex Machado)
Ali, dono e cervejeiro experimentam todo dia o chope para avaliar a qualidade (Foto: Alex Machado)

A cervejaria abre de segunda-feira a sábado, das 17h às 00h, e cada dia da semana conta com um tipo de programação diferente.

Às segundas-feiras, a casa oferece a promoção de chope em dobro, das 17h às 20h30. Às terças-feiras é noite de curtir MPB (Música Popular Brasileira) e música latina. Quarta-feira é o único dia da semana que não tem música ao vivo, pois é reproduzido jogos de futebol no telão. Já quinta, sexta e sábado, toca sertanejo.

Aos sábados, a casa serve feijoada a partir das 11h, e funciona direto até 1h. Domingo funciona apenas o Porta-Via, um serviço de autoatendimento, no estilo pegue e leve.

O endereço da cervejaria é Avenida Marques de Pombal, 100, Tiradentes.

Cardápio oferece várias opções de petiscos para acompanhar a cerveja (Foto: Arquivo Pessoal)
Cardápio oferece várias opções de petiscos para acompanhar a cerveja (Foto: Arquivo Pessoal)
Salão ultimamente fica lotado com fãs de cerveja e música ao vivo (Foto: Arquivo Pessoal)
Salão ultimamente fica lotado com fãs de cerveja e música ao vivo (Foto: Arquivo Pessoal)
Dupla sertaneja João Haroldo e Betinho já fez gravação no local (Foto: Arquivo Pessoal)
Dupla sertaneja João Haroldo e Betinho já fez gravação no local (Foto: Arquivo Pessoal)

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias