A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

15/08/2019 07:40

Casal transforma garagem em choperia e serve de espetinho a moqueca baiana

Juntos há dois anos, Aparecida e Enivaldo decidiram ser felizes no amor e nos negócios

Thailla Torres
Moqueca baiana é receita de Enivaldo que deixou Bahia para viver amor em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)Moqueca "baiana" é receita de Enivaldo que deixou Bahia para viver amor em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

Não existe idade para ser feliz e nem tempo certo para arriscar um novo negócio quando se tem vontade. As afirmativas viraram lema pra o casal, Aparecida e Enivaldo, que abriu a garagem de casa, numa rua estreita do bairro Cophatrabalho, para servir comida baiana e chope gelado todos os dias.

O lugar, chamado “Choperia do Baiano”, leva o apelido do dono Enivaldo Silva de Souza, de 47 anos, que deixou a Bahia para viver, em Campo Grande, o sentimento que nasceu entre ele e Aparecida Cavalheiro Bondarczrk, de 70 anos.

Namorados e vivendo juntos há dois anos, a parceria em um novo negócio na varanda de casa começou em março de 2018, depois de meses de curtição numa choperia tradicional da cidade.

Casal está junto há dois anos. (Foto: Paulo Francis)Casal está junto há dois anos. (Foto: Paulo Francis)

“Um dia visitamos a choperia que estávamos acostumados a ir e pensamos em colocar chope na nossa varandinha. A ideia era trazer felicidade e diversão para dentro da nossa casa”, conta Aparecidade, que é paranaense, mas vive em Campo Grande há 37 anos.

Enivaldo e Aparecida são dois sorridentes, e o comportamento informa a simplicidade do lugar. Na garagem de pisos e paredes claras, sete mesinhas plásticas indicam que o lugar acomoda aproximadamente 30 pessoas.

Da caixa de som “sai” música sertaneja e a decoração fica por conta das samambaias penduradas no teto. Mas é o cardápio a maior vantagem, diz o dono. “Tem comida baiana de verdade, feita por um baiano”, brinca Enivaldo.

A moqueca baiana, feita com pintado, é o que virou preferência das famílias que procuram um prato diferente bairro. Servida na panelinha de barro, acompanhada de farofa e arroz, o prato custa R$ 40,00 e serve até duas pessoas.

Outro tira gosto daqueles, segundo a vizinhança, é fondue de carne e frango na pedra que também custa R$ 40,00. "Achei diferenciado", diz o vizinho Edson Braga, de 66 anos, cliente desde o início da choperia. "Mas como bom ladarense, gosto mesmo é da moqueca, que é bem saborosa", afirma.

Fondue de carne na pedra. (Foto: Paulo Francis)"Fondue" de carne na pedra. (Foto: Paulo Francis)

O casal ainda serve tem a “Jantinha” por R$ 10,00, servida com espetinho de carne, feijão tropeiro, vinagrete, mandioca e arroz.

Mais do que vender, dona Aparecida diz que gosta mesmo é de receber e conversar com os amigos. “Pra mim é um prazer servir, conversar com os clientes, porque muitos aqui se tornam nossos amigos”, diz.

Ela conta que desde que abriu a garagem a vida ganhou outro 'brilho'. “Um dia eu falei para os meus filhos que iria ser feliz novamente, após ter ficado viúva, e fui ser feliz. Encontrei um novo amor e agora iniciei um novo negócio. Só tenho a agradecer”.

A choperia fica na Rua Pimenteira, 107, Bairro Coophatrabalho. O horário de funcionamento é das 18h30 às 22h30, todos os dias.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Garagem abriga choperia que abre diariamente. (Foto: Paulo Francis)Garagem abriga choperia que abre diariamente. (Foto: Paulo Francis)
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.