A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

20/08/2016 07:03

Festival de food trucks começa lotado, com variedade de sabores vindos do Sul

Thailla Torres
Chili foi elaborado com batata frita, queijo cheddar e sem pimenta. (Foto: Fernando Antunes)Chili foi elaborado com batata frita, queijo cheddar e sem pimenta. (Foto: Fernando Antunes)

Difícil foi encontrar vaga de estacionamento ontem para conhecer o Food Trucks Festival, que trouxe sabores da região Sul do Brasil a Campo Grande. O evento começou lotado na Cidade do Natal, nos altos da Avenida Afonso Pena. Os 35 caminhões que participam da feira gastronômica ficam aqui até domingo.

A maioria serve lanche, mas o modo de preparo e a rapidez no atendimento chamam atenção. De Joinville, o Hermanos Street Food tem o sanduíche recheado de costela, mas com a carne assada e defumada durante 30 horas, em uma churrasqueira americana. Depois de pronta, fica tão macia que parece derreter na boca. O preço não é dos maiores, custa R$ 20,00.

Os irmãos Rodrigo Stoklosa e Renato Stoklosa, proprietários do truck, explicam o diferencial, mesmo trabalhando com um carne que virou modinha gastronômica. “No lanche só vai a carne, tiramos toda a gordura, membrana e osso. Por isso fica com uma textura super macia”, cita.

Os irmãos montam o lanche com costela desfiada em 3 minutos. (Foto: Fernando Antunes)Os irmãos montam o lanche com costela desfiada em 3 minutos. (Foto: Fernando Antunes)
Só de olhar dá vontade de experimentar. (Foto: Fernando Antunes) Só de olhar dá vontade de experimentar. (Foto: Fernando Antunes)

Além da costela, tem food trucks que oferecem lanches recheados com cupim, linguiça de Blumenau ou hambúrguer vegetariano.

No Parmegiana Food Truck, a baguete de parmesão é recheada com bife a parmegiana. O lanche é servido em três opções: de filé mignon, frango ou berinjela, acompanhado de molho de tomate caseiro, com manjericão e fatias de mussarela, também por R$ 20,00.

Para quem gosta de comida mexicana, o El Loko trouxe versões californianas de comidas do México. O proprietário Fábio Rodrigues, de 37 anos, teve a ideia depois de muitas viagens pela Califórnia. "Todas as vezes que eu provei, era esse tipo de comida servida por lá. Resolvi estudar todos os pratos e trazer um pouco do sabor mais elaborado pra cá", explica. 

Na versão dele, o chilli mexicano, por exemplo, não tem pimenta e vem recheado com batata frita, coberto com queijo cheddar. Mas se o cliente preferir apimentado, o food truck deixa 10 sabores diferentes à disposição. "A gente sabe que a essência da comida mexicana é a pimenta, mas resolvemos fazer de uma forma que não precise tirar ela do cardápio", justifica, falando da dificuldade de algumas pessoas aceitarem algo muito picante. 

O prato forte custa R$ 15,00, o tamanho pequeno, e R$ 20,00 o grande que serve até duas pessoas. Também tem a porção de nachos coloridos, servido com chilli, queijo cheddar e molho especial do food, por R$ 20,00.

Nachos coloridos servidos com cheddar, molho e chilli. (Foto: Fernando Antunes)Nachos coloridos servidos com cheddar, molho e chilli. (Foto: Fernando Antunes)
Churros gourmet leva até 3 opções de recheio.  (Foto: Fernando Antunes)Churros gourmet leva até 3 opções de recheio. (Foto: Fernando Antunes)
Waffle com alcatra e batata rústica. (Foto: Fernando Antunes)Waffle com alcatra e batata rústica. (Foto: Fernando Antunes)

A massa de origem belga waffle é a base do Mr Waffle Food Truck. Em versões salgadas e doces, o mais pedido é waffle de alcatra, com batata rústica frita e cebola caramelizada, que custa R$ 25,00. Para quem prefere doce, tem o de sorvete, com Nutella e castanhas, que custa o mesmo preço e serve até duas pessoas. 

De Santa Catarina, o Hoje Tem Food Truck vende risoto preparado com linguiça de Blumenau flambada na cachaça, coberto com farofa de bacon e pedaços de damasco. "Diferente do arbório, preferimos usar o arroz carnaroli, que é tradicionalmente utilizado na itália. Tem um sabor muito mais especial", explica o chef Thiago Camargo. 

O risoto sai por R$ 20,00 e o food truck ainda tem outra opção, o carreteiro de costela defumada na madeira bracatinga. "A costela fica em média 8 horas sendo defumada com a madeira, assim recebe um toque de mel natural", detalha. 

Os churros gourmet também ganharam espaço e foram um dos sucessos do primeiro dia de festival. Uma fila imensa se formou para experimentar os sabores do Cacau Churros. A pessoa pode escolher até 3 sabores e os preços vão de R$ 10,00 a R$ 15,00, dependendo da quantidade de recheios.

Chefe de cozinha apresenta risoto de linguiça Blumenau. (Foto: Fernando Antunes)Chefe de cozinha apresenta risoto de linguiça Blumenau. (Foto: Fernando Antunes)

Apesar da lotação na abertura do evento, não faltou gente entusiasmada com a novidade. A vantagem é que a agilidade é o ponto forte do festival, ninguém fica mais do que 5 minutos a espera de um lanche ou sobremesa. Para maior conforto, o espaço amplo da Cidade do Natal ganhou tendas, mesas e cadeiras por toda a parte. 

A estudante Marina Luz, de 24 anos, admirou a disposição de quem trabalha no evento. “Achei o ambiente ótimo, eles são super bem humorados, ganham a gente na simpatia. E sem contar que tem sabor pra todo mundo. Mas é tanta coisa, que a gente nem consegue comer tudo hoje, o jeito vai ser voltar”, deixa a dica.

O advogado Cleber Macedo se surpreendeu com a diferença nos sabores. "O chilli eu achei bem diferente e valeu a pena. O atendimento também foi super rápido e a gente está pensando no que ainda não experimentamos", comenta.

O local aceita cartão em todos os food trucks. No entanto, na noite de ontem algumas máquinas estavam com problema. Por isso, a dica é levar uma graninha extra no bolso.

O feira abre logo cedo, às 11h e segue até às 23h neste sábado. No domingo, funciona das 11h às 21h e fica na Avenida Afonso Pena, na Cidade do Natal. 

Curta o Lado B no Facebook.

Cleber Gostou do atendimento rápido. (Foto: Fernando Antunes)Cleber Gostou do atendimento rápido. (Foto: Fernando Antunes)
Marina ficou surpresa com tanta opção. (Foto: Fernando Antunes)Marina ficou surpresa com tanta opção. (Foto: Fernando Antunes)
A feira vai até amanhã (21) das 11h às 21hA feira vai até amanhã (21) das 11h às 21h



imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.