ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 24º

Lado Rural

MS prevê produção de 9,34 milhões de toneladas de milho na safra de inverno

Sobre a safra 2021/2022 de soja, resultados de MS serão divulgados no dia 26

Liana Feitosa | 13/04/2022 15:35
Colheita de soja da safra 2021/2022 em Mato Grosso do Sul. (Foto: Semagro/ Divulgação)
Colheita de soja da safra 2021/2022 em Mato Grosso do Sul. (Foto: Semagro/ Divulgação)

A colheita de soja da safra 2021/2022, em Mato Grosso do Sul, encerrou na semana passada, conforme aponta o boletim 452/2022 do projeto Siga/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio). A estimativa é de que tenham sido colhidos 11,4 milhões de toneladas do grão. Já o milho teve o plantio finalizado e estima-se produção de 9,34 milhões de toneladas.

Segundo o presidente da Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), André Dobashi, os números totais da safra serão divulgados no próximo dia 26. Calcula-se que tenham sido plantados 3,7 milhões de hectares de soja no estado, o que representa aumento de 7% de área na comparação com a área semeada na safra 2020/2021, que foi de 3,5 milhões de hectares.

Perdas - Ainda segundo o Siga/MS, projeta-se produtividade de 50,6 sacas por hectare, o que gera expectativa de produção de 11,4 milhões de toneladas. “Tivemos perdas acima de 60% em algumas lavouras, outras nem foi possível colher. O cenário de estiagem nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro prejudicou muito as lavouras de soja”, detalha Dobashi.

Para Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), que coordena o Siga/MS em conjunto com a Aprosoja/MS, pode ter havido uma perda de 2 milhões de toneladas na produção da soja devido à estiagem.

De acordo com Verruck, mesmo não tendo atingido todo o estado de maneira igual, a seca afetou severamente regiões que concentram grandes lavouras, como o sul e sudoeste de MS. “A expectativa, agora, é com relação ao milho. Por enquanto está chovendo bastante e tem previsão de chuvas fiquem também abaixo da média nos próximos três meses, o que não é bom para o desenvolvimento da planta”, espera o secretário.

Milho - Os técnicos do projeto ainda confirmaram o fim da semeadura do milho para a safra de inverno no estado. Estima-se que a área de plantio tenha sido de 1,99 milhão de hectares. Isso representa uma retração de 12,6% em relação à área ocupada pelo milho na safra anterior, com 2,28 milhões/ha). A produtividade estimada é de 78,13 sacas por hectare. Já a expectativa de produção é de 9,34 milhões de toneladas. Na safra passada, houve quebra de produção e foram colhidas pouco mais de 6 milhões de toneladas.

Nos siga no Google Notícias