ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 16º

Lado Rural

Participação de mulheres em atividades agrícolas cresce 109% em dez anos

Entre todas as áreas, a de atividades agrícolas foi a que registrou maior crescimento de participação feminina

Liana Feitosa | 07/03/2022 15:01
Trabalhadora do setor de agronegócio em plantação de algodão. (Foto: Famasul/Divulgação)
Trabalhadora do setor de agronegócio em plantação de algodão. (Foto: Famasul/Divulgação)

No mercado de trabalho, a área de atividades agrícolas foi a que registrou maior crescimento de participação feminina nos últimos 10 anos. O aumento da participação das mulheres chegou a 109% em Mato Grosso do Sul, de acordo com levantamento elaborado pelo Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), com dados do Ministério do Trabalho e Previdência.

A porcentagem foi registrada nas ocupações em cultivo de soja, atividades de apoio à agricultura e cultivo de cereais no estado. A quantidade de mulheres nessas atividades saltou de 1,1 mil em 2010 para 2,4 mil mulheres em 2020, resultando num aumento de 109%.

A maior presença das mulheres é na criação de bovinos, com 53,44% de participação. No cultivo de soja a participação delas é de 13,90%, em atividades de apoio à agricultura, 6,35% e, no cultivo de cereais, a presença delas é de 4,88%.

O levantamento ainda aponta que, em 2010, as mulheres representavam 13,73% dos empregados no campo e, em 2020, passou para 14,26% das pessoas ocupadas.

Em relação à remuneração, cerca de 66% das mulheres receberam até 1,5 salário-mínimo até 2020, e mais de 23% receberam de 1,5 a 3 salários-mínimos. Já em relação à escolaridade, a maioria delas têm o ensino médio completo, 41,23%.

Nos siga no Google Notícias