ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 16º

Lado Rural

Viabilidade da citricultura em MS será tema de palestras sábado na Expogrande

Mato Grosso do Sul ganha forte competitividade no setor e prepara-se para ampliar produção

Por José Roberto dos Santos | 11/04/2024 13:35
Cultivo de laranja em propriedade rural brasileira; citros ocupam 2 mil hectares em MS. (Foto: Divulgação)
Cultivo de laranja em propriedade rural brasileira; citros ocupam 2 mil hectares em MS. (Foto: Divulgação)

A Expogrande 2024 será palco de debate sobre o investimento e crescimento da citricultura em Mato Grosso do Sul. A viabilidade econômica e da produção será apresentada por dois dos mais importantes especialistas do setor no cenário nacional. O encontro é aberto ao público neste sábado, dia 13, às 10h, no auditório da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul).

 O Brasil é o maior produtor de laranja do mundo e domina o cenário global, com uma participação de 75% do mercado internacional. De acordo com dados do Fundecitrus, apresentados neste último dia 10 de abril, o encerramento da safra de laranja 2023/24 do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo e Sudoeste Mineiro, contou com uma safra de 307,22 milhões de caixas de 40,8 kg, 2,22% inferior ao colhido na safra passada. Um dos principais motivos para as quedas sucessivas na produção nacional é o agravamento do greening, considerada a doença dos citros de maior impacto no mundo pela dificuldade de controle, rápida disseminação e por ser altamente destrutiva, com concentração de pomares contaminados no Estado de São Paulo.

Mato Grosso do Sul ganha forte competitividade e tem ampliado sua importância e ajudado na diversificação da produção agrícola estadual. Atualmente há no Estado 2 mil hectares de plantio de limão, laranja e tangerina, com projeção de ampliar em mais 1,8 mil hectares, considerando as áreas de cultivo nas unidades de produção, que são cadastradas na Iagro.

Projeto em Sidrolândia

No final de março deste ano, em reunião com o governador Eduardo Riedel e o secretário Jaime Verruck, da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnlogia e Inovação), o Grupo Cutrale anunciou investimento no valor de R$ 500 milhões no plantio de 5 mil hectares de laranja na Fazenda Aracoara, propriedade localizada às margens da rodovia BR-060, na divisa de Sidrolândia com Campo Grande.

De acordo com a Cutrale, (conglomerado de empresas que lidera as exportações brasileiras de laranja), serão 5 mil hectares irrigados com o plantio de 1.730 milhão de pés de laranja, considerando a média de 346 pés de laranja. A previsão é de que o projeto é alcance, num raio de 150 km da propriedade, 30 mil hectares plantados, garantindo o nível de produção que viabilizaria a instalação de uma futura indústria de processamento da laranja em suco.

Palestrantes

A palestra será ministrada pelo engenheiro agrônomo Roberto Aparecido Salva, com experiência no setor através de multinacionais como a Basf e Dreyfus, na Fundecitrus, proprietário da Citros Salva e Cutrale, entre outros. O também agrônomo Rubens Stamato Júnior, consultor de agronegócios em instituições como Fundo Paulista de Defesa da Citricultura, Cargill Agrícola, com experiência em implementação de projetos nos Estados Unidos, Alemanha, Holanda e China.

Mais informações: 

Tuba Abrão (67) 99950-2104.

Nos siga no Google Notícias