ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  14    CAMPO GRANDE 21º

Meio Ambiente

Após denúncia de caçada, PMA flagra arsenal em fazenda no Pantanal

Por Aline dos Santos | 16/11/2011 10:38

Preso, proprietário negou a realização de safári

Armas foram apreendidas em fazenda às margens do Rio Negro. (Foto: Divulgação)
Armas foram apreendidas em fazenda às margens do Rio Negro. (Foto: Divulgação)

Um arsenal foi apreendido ontem em uma propriedade rural às margens no Rio Negro, no Pantanal. A PMA (Polícia Militar Ambiental) foi à fazenda Cordilheira após receber denúncia de caçadas.

O fazendeiro, que não teve o nome divulgado, foi preso. No local, foram encontrados uma espingarda carabina calibre 44 (uso restrito), uma espingarda carabina calibre 38, uma espingarda carabina calibre 22, uma garrucha calibre 22, um revólver calibre 38 e dois revólveres calibre 22.

Também foram apreendidas 19 munições calibre 44 (sendo 15 deflagradas), 176 munições calibre 22 (2 deflagradas) e 97 munições calibre 38 (61 deflagradas). Todas as armas e munições não possuíam documentação.

O proprietário negou a realização de safári. Na sede da fazenda, os policiais não encontraram nenhum animal abatido. O dono foi preso por posse de arma de uso restrito e levado para a delegacia de Polícia Civil de Aquidauana.

A PF (Polícia Federal) deflagrou duas operações – em 2010 e neste ano – contra esquema de caça ilegal de animais silvestres na região do Pantanal, especialmente, a onça-pintada.