ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 28º

Meio Ambiente

Após estiagem de 21 dias, garoa cai em pontos isolados na Capital

Com garoa, umidade relativa do ar sobe para 40% após níveis críticos durante a semana

Por Leandro Abreu | 07/08/2016 10:09
Mesmo com garoa isolada, sol predomina neste domingo em Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes)
Mesmo com garoa isolada, sol predomina neste domingo em Campo Grande. (Foto: Fernando Antunes)

Mesmo com o tempo ainda ensolarado, choveu fraco em algumas regiões isoladas de Campo Grande na manhã deste domingo (7), após 21 dias de estiagem. Com garoa, os níveis de umidade relativa do ar que ficaram sempre baixos durante a semana, sobem e amenizam a secura.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), como a chuva foi fraca, não há registros das bases meteorológicas automáticas, mas houve alterações na base da região do aeroporto que confirmam a chuva. Nos bairros Tiradentes, Jardim dos Estados e em alguns pontos do centro também tiveram uma garoa nesta manhã.

Segundo o meteorologista Franco Villela, a chuva era prevista para o fim do dia, com a chegada de uma frente fria. “Estávamos esperando para o fim da tarde, mas ela veio mais rápido”, disse.

Com a garoa, os níveis de umidade relativa do ar que chegaram a ser registrados abaixo dos 20% sobem para 40%, pelo menos pelos próximos dias. Já as temperaturas caem. Em Campo Grande, a máxima não deve passar dos 29°C.

“Pelo menos até quarta-feira (10) o tempo deve ficar assim, com a umidade um pouco mais elevada e as temperaturas mais amenas. A previsão de chuva isolada continua na segunda também. Depois de quarta o calorão deve voltar ao normal”, completou.

O sul do Estado também está sob o efeito da frente fria que chegou neste domingo. Já as outras regiões se mantêm com umidade baixa e muito calor, com máximas atingindo os 36°C no norte de Mato Grosso do Sul e sem previsão de chuva.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário