A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

14/02/2018 08:23

Em 30h, Capital tem mais da metade da chuva esperada para o mês

O temporal que atingiu Campo Grande nesta terça provocou o adiamento dos desfiles do Grupo Especial

Danielle Valentim
Foliões desistindo de esperar a chuva passar, na região da Praça do Papa. (Foto: Saul Schramm)Foliões desistindo de esperar a chuva passar, na região da Praça do Papa. (Foto: Saul Schramm)

Somente nesta segunda e terça-feira (13) de Carnaval choveu 103 milímetros em Campo Grande, mais da metade do esperado para o mês de fevereiro, que é de 191,6 milímetros. O temporal que atingiu a Capital na noite de ontem, veio acompanhado de 70 raios, conforme o professor e meteorologista da Uniderp Natálio Abrão.

O acumulado do mês, segundo a previsão do tempo, é de 122,6 milímetros, o equivalente a 86,8% do esperado. Uma pluviosidade de 1 milímetro, equivale ao volume de 1 litro de água de chuva que se acumulou sobre uma superfície de área igual a 1 metro quadrado.

A previsão é de mais chuvas e trovoadas até o próximo sábado (17), com alguns momentos de estiagem no período da tarde.

Alguns moradores insistiram em esperar a chuva passar. (Foto: Saul Schramm)Alguns moradores insistiram em esperar a chuva passar. (Foto: Saul Schramm)
Outra parte preferiu permanecer nas tendas armadas para o comércio. (Foto: Saul Schramm)Outra parte preferiu permanecer nas tendas armadas para o comércio. (Foto: Saul Schramm)

Um dos prejuízos provocados pela chuva sem trégua foi o adiamento do desfile das escolas de samba do grupo especial, que ficou para o próximo sábado. Os diretores de escola, junto com a Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande) que organiza o evento, decidiram que não havia condições de colocar os participantes para desfilar na Passarela do Samba, na praça do Papa. Na Esplanada Ferroviária, a matinê do bloco Valu começou mais tarde, mas foi mantida.

Em poucos minutos, a chuva aumentou o nível dos córregos Prosa e Segredo, onde a água ficou perto da margem, mas não foi registrado transbordamento. Em algumas regiões, a enxurrada típica dos dias chuvosos difivultou o tráfego.

Apesar do volume, não houve registro de estragos mais sérios, segundo o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions