A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

23/09/2018 18:29

Equipe conteve vazamento de agrotóxico após carreta tombar, diz fabricante

Acidente aconteceu na manhã deste domingo (23) na alça de acesso do pontilhão

Gabriel Neris
Carreta tombou na alça de acesso do pontilhão na saída para Três Lagoas (Foto: Geisy Garnes)Carreta tombou na alça de acesso do pontilhão na saída para Três Lagoas (Foto: Geisy Garnes)

A empresa Corteva, fabricante de agrotóxico, informou que uma equipe de segurança foi encaminhada logo após o acidente envolvendo uma carreta no pontilhão localizado na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. A empresa apontou que a contenção foi feita imediatamente e descartou qualquer risco de afetar o meio ambiente após o veículo tombar com 27 toneladas do produto.

O acidente aconteceu na manhã deste domingo (23) na alça de acesso do pontilhão. Uma das preocupações do Corpo de Bombeiros era de que o produto infiltrasse no solo e atingisse o lençol freático.

À polícia, o motorista do veículo de 40 anos relatou que, perdeu o controle da direção na alça do pontilhão devido a uma falha mecânica. A carroceria do veículo tombou espalhando galões do agrotóxico na rodovia e canteiro do pontilhão. O motorista não ficou ferido.

O Corpo de Bombeiros foi chamado e isolou o lugar. Segundo os militares, a carreta carregava o herbicida Glizmax Prime – usado para controle em pós-emergência de plantas daninhas em plantações de algodão, arroz Irrigado, café, cana-de-açúcar e outras.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) também esteve no local e pelo tacógrafo do veículo conseguiu apurar que o motorista perdeu o controle da direção, pois tentou entrar no pontilhão em velocidade acima do permitido. O caminhão saiu do estado de São Paulo e seguia para Mato Grosso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions