ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 22º

Meio Ambiente

Lixo deixado por quem foi a show dá trabalho de um dia inteiro em parque

Por Paula Vitorino e Paula Maciulevicius | 05/03/2012 11:30
Lixo e garrafa de bebidas deixados por publico de show no Parque dos Poderes. (Foto: Marlon Ganassin)
Lixo e garrafa de bebidas deixados por publico de show no Parque dos Poderes. (Foto: Marlon Ganassin)

Depois da festa na noite de ontem, o que sobra no Parque das Nações Indígenas nesta manhã é o lixo deixado por quem foi até o local e esqueceu de usar as lixeiras do espaço. Folhetos de propagandas, garrafas e latinhas tomam conta tanto da parte interna quanto externa do Parque.

O show, em comemoração ao aniversário da Rádio Blink 102 foi realizado na Concha Acústica do Parque, neste domingo. A estrutura preparada era para receber 30 mil pessoas.

Logo no início da manhã, quem frequenta o local para caminhadas e corridas comentava que a sujeira deixada pelos frequentadores incomoda. “Está horrível a sujeira, olha isso. Esse é um lugar que tem que ser preservado”, disse o empresário Claudio Diniz, de 40 anos.

Mas apesar de ser um contraste no verde do Parque, o lixo pós-eventos não é novidade. “Vira uma bagunça sempre depois que tem show, fica essa coisa horrível”, diz Éder Cesar Sanches, de 38 anos.

O comerciante Daniel Sousa, de 60 anos, ainda ressalta que o lixo é produzido pelos próprios frequentadores do espaço. “É a gente que é mal educado. Nós mesmos promovemos a sujeira jogando o lixo no chão”, diz.

A sujeira não se limita só ao espaço do show e toma conta das áreas ao redor. Até o lago sofre com os restos de garrafas e papéis. Os comerciantes do calçadão também sofrem com o lixo e contam que tentam fazer a sua parte.

“Onde eu estou está limpinho, mas ao redor está cheio de sujeira. A Polícia até tenta controlar, mas o povo é difícil”, diz Ambrósio Garcia, de 57 anos.

Um dos trabalhadores da limpeza do Parque, que não quis se identificar, chama a atenção para o fato das lixeiras dentro do Parque estarem quase vazias e o lixo todo jogado ao redor.

“A população precisa ter consciência e quem faz os shows tem que contrata mais pessoas para a limpeza”, diz.

Limpeza - Pela manhã, a reportagem encontrou alguns funcionários do Parque fazendo a limpeza da parte interna do local. Na parte externa, a limpeza é de responsabilidade da Prefeitura, que informou já estar programada a limpeza da área ainda hoje.

A limpeza do local onde aconteceu o show é de responsabilidade da Blink, que promoveu o evento e, durante a divulgação, frisou que seria um evento sustentável. A administração da Rádio informou que desde a madrugada desta segunda-feira equipes trabalham na desmontagem e limpeza do local.

Durante a festa,foram disponibilizados várias lixeiras, chamadas de ecopontos, para coleta de materiais recicláveis e orgânicos. A Blink afirma que o público foi incentivado a utilizar as lixeiras, mas muita gente ignorou a orientação e o pedido.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário