A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

22/01/2019 22:51

Mais quente do país, MS teve 45ºC de sensação térmica em duas cidades

Com máxima de 36,7ºC a Capital esteve entre as três mais quentes do Centro-Oeste, seguida por Brasília (31,4°C) e Goiânia (35,8°C)

Adriano Fernandes
Pôr-do-sol que é símbolo de MS também reflete o calorão do Estado mais quente do país, nesta terça-feira (22). (Foto: Arquivo) Pôr-do-sol que é símbolo de MS também reflete o calorão do Estado mais quente do país, nesta terça-feira (22). (Foto: Arquivo)

Estado mais quente do país nesta terça-feira (22), Mato Grosso do Sul teve sensação térmica de 45ºC em Aquidauna e Brasilândia. Nas duas cidades as temperaturas máximas atingiram 40ºC e 39,8ºC, respectivamente.

No dia 14, Aquidauna também havia liderado o ranking das dez cidades mais quentes do Brasil, quando os termômetros registraram 37,7ºC, mas a sensação foi 42º graus, segundo dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

Hoje, as cidades de Bela Vista (39ºC) e Água Clara (38,3ºC) registraram 44ºC e 42ºC de sensação térmica, conforme o meteorologista da Uniderp, Natalio Abrahão Filho. Em Porto Murtinho, os termômetros marcaram 39,0°C. 

A Cidade Morena também esteve entre as três capitais mais quentes do Centro-Oeste, desde o começo do ano, seguida por Brasília (31,4°C) e Goiânia (35,8°C), segundo compilamento do Climatempo. 

Na Capital a máxima foi de 36,7ºC e sensação térmica de 40ºC. O recorde anterior em Campo Grande era 35,1°C no dia 16 de janeiro. Com a média geral de 40ºC durante o dia, Mato Grosso do Sul também foi a região mais quente do país, ainda segundo o Climatempo.

Previsão - A semana vai seguir muito quente em praticamente todas as áreas da Região Centro-Oeste. Até pelo menos sexta-feira (25), a previsão continua indicando dias com muito sol e possibilidade de pancadas de chuva entre a tarde e a noite.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions