ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 32º

Meio Ambiente

Meteorologia prevê nova tempestade de poeira em MS

O Climatempo publicou que o evento poderá acontecer novamente em Mato Grosso do Sul, no próximo domingo

Por Guilherme Correia | 22/10/2021 07:33
Tempestade de areia fez tarde virar noite em Campo Grande. Na imagem, o bairro Tijuca. (Foto: Arquivo)
Tempestade de areia fez tarde virar noite em Campo Grande. Na imagem, o bairro Tijuca. (Foto: Arquivo)

De acordo com a empresa Climatempo, que divulga informações meteorológicas em todo o País, há previsão de que Mato Grosso do Sul seja atingido, novamente, por uma tempestade de poeira no próximo domingo (24), ainda que em menor intensidade que a outra vez.

Em entrevista publicada ontem pelo Campo Grande News, o professor e pesquisador em Climatologia da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Julio Cesar Gonçalves, explicou que esse acontecimento foi gerado a partir de uma combinação entre uma frente fria, que vem do sul, com o solo ressequido - esse, que é provocado por incêndios florestais e atividades predatórias da agropecuária.

Na última sexta-feira (15), esse evento atingiu ao menos 10 municípios sul-mato-grossenses e fez o dia virar noite em Campo Grande. Junto ao temporal, ao menos, 10 pessoas morreram no Estado, seja por embarcações que afundaram ou por descargas elétricas durante reparos.

Segundo a companhia, isso poderia ser provocado por conta da combinação de fortes ventanias e da passagem dessa frente fria. "A forte incidência de temporais gera risco iminente de vendaval e a possibilidade de levantamento de poeira novamente", diz o Climatempo.

"A combinação destes fatores: chegada de temporal, vendavais, e solo seco gera a possibilidade da formação de nova nuvem de poeira, mesmo que de forma menos intensa que a observada na última semana", completa.

Entretanto, Gonçalves entende que, possivelmente, não deve acontecer o mesmo fenômeno. "Com o aumento da umidade do solo em decorrência das chuvas mais intensas, início do plantio (menos solos expostos) e a diminuição dos incêndios no Cerrado e Pantanal, não favorece a ocorrência de novos fenômenos como este visto no dia 15".

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), há um alerta de tempestade com perigo para o próximo sábado em determinados municípios. Além de chuva entre 30 e 60 milímetros por hora, pode haver "ventos intensos, queda de granizo, risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos".

Área em laranja indica temporal em grande parte de MS no sábado. (Arte: Inmet)
Área em laranja indica temporal em grande parte de MS no sábado. (Arte: Inmet)

Previsão do tempoSegundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de Mato Grosso do Sul), há previsão de chuvas com tempestades acompanhadas de raios e rajadas de vento entre 50km/h a 100Km/h para o fim de semana, em todos os municípios sul-mato-grossenses.

No entanto, na sexta-feira (22), deve acontecer um dia ensolarado e com poucas nuvens, com expectativa de pequenas pancadas de chuva isoladas na região sudoeste e no Pantanal. Além disso, a temperatura deverá ficar entre 15ºC, sobretudo na madrugada, e 37ºC em lugares que fazem parte do bioma pantaneiro.

Segundo o órgão estadual, hoje, há mais chance de chuvas fortes nas macrorregiões de Campo Grande e de Corumbá. Já nas proximidades de Três Lagoas, Paranaíba, Dourados e Sete Quedas, a probabilidade é menor.

Confira abaixo vídeo que mostra a chegada da tempestade de areia na Capital no dia 15.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário