A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Novembro de 2017

29/01/2016 15:47

MP define situação de 20 fazendas investigadas por danos ambientais em fevereiro

Liana Feitosa

O MPE/MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) publicou a pauta da 1ª reunião ordinária do Conselho Superior do MPE deste ano. Entre os assuntos que serão discutidos está a apuração de irregulares e danos ambientais em pelo menos 20 propriedades rurais, conforme lista disposta no Diário Oficial do órgão desta sexta-feira (29).

As propriedades investigadas ficam em várias cidades do Estado. No entanto, existem municípios com até 5 fazendas na mira do Ministério Público, como é o caso de Campo Grande. Em Camapuã, a 133 quilômetros da Capital, são 4 propriedades investigadas e, em São Gabriel do Oeste, são 3.

Os inquéritos têm o objetivo de apurar a ocorrência de dano ambiental e falta de medidas de prevenção da natureza e do solo nesses locais. Em grande parte dos imóveis rurais há processo erosivo e assoreamento de rios e mananciais.

Em Campo Grande, a apuração de danos ambientais tem como foco fazendas localizada na Bacia do Guariroba, cuja APP (Área de Preservação Ambiental) pode estar prejudicada pelas atividades dessas propriedades.

Os inquéritos estão listados a partir da página 23 do Diário Oficial do MPE de hoje, que pode ser baixado no site do órgão, no canto superior direito da tela: http://www.mpms.mp.br/A reunião está agendada para o próximo dia 2 de fevereiro, às 8h30.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions