ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 29º

Meio Ambiente

PMA prende e multa dois homens que estavam com carne de capivara

Por Marta Ferreira | 28/04/2014 17:10
As armas e munições que foram apreendidas, com ordem judicial, em poder de caçadores de capivara. (Foto: Divulgação Polícia Civil)
As armas e munições que foram apreendidas, com ordem judicial, em poder de caçadores de capivara. (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Dois homens foram presos, no domingo, acusados de prática de caça de capivaras em Aparecida do Taboado, município distante 481 km de Campo Grande. A prisão, executada pela Polícia Militar e pela Polícia Civil, acatou ordem judicial, que previa também busca e apreensão.

As ações ocorreram em duas fazendas, em que foram encontradas, além de armas e munição, carne dos animais silvestres. Na primeira propriedade, segundo a Polícia Civil divulgou, um homem de 32 anos foi preso com uma espingarda calibre 20 municiada, uma garrucha calibre 22, diversas munições e 16 quilos de carne de capivara.
Ele foi preso e autuado em flagrante, sendo liberado após o pagamento de fiança no valor de R$ 4,3 mil.

Na segunda fazenda vistoriada, foi preso um homem de 26 anos, com quem os policiais encontraram cartuchos intactos e arma de fogo e 29 quilos de carne de capivara. Ele também foi preso em flagrante e liberado após pagar fiança de R$ 1,4 mil.

Os dois homens, cujo nome não foi divulgado, não tinham antecedentes criminais. Eles foram multados pela Polícia Militar Ambiental, a quem os Policiais Civis e Policiais Militares fizeram a entrega da carne de capivara.

Abater capivaras silvestres é crime ambiental e consumir a carne também. Existe a possibilidade de consumo legal da carne desse animal desde que ela venha de um criadouro autorizado. Não há informação sobre criadouros autorizados em Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário