A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

14/01/2018 08:05

Por GPS, polícia flagra desmatamento e multa fazendeiro em R$ 10,5 mil

Supressão vegetal descoberta totaliza 35 hectares. Pastagem já havia tomado toda a área.

Anahi Gurgel
Área de 35 hectares no município de Bonito foi flagrada pela Polícia Militar Ambiental. (Foto: Divulgação/PMA)Área de 35 hectares no município de Bonito foi flagrada pela Polícia Militar Ambiental. (Foto: Divulgação/PMA)

Por meio de imagens de satélite, a Polícia Militar Ambientar flagrou desmatamento ilegal em uma área de 35 hectares do município de Bonito, a 257 quilômetros de Campo Grande. A "descoberta" da supressão vegetal na fazenda, equivalente a 35 campos de futebol, resultou em multa de R$ 10,5 mil ao proprietário, que pode ainda pegar pena de 6 meses a um ano de detenção. 

A fiscalização foi realizada na sexta-feira (12), por meio de GPS. Toda a supressão vegetal das matas nativas da fazenda foi realizada sem qualquer autorização ambiental.

Foi constatado que o desmatamento havia ocorrido há algum tempo e que, inclusive, a pastagem foi plantada e já dominava a área, mas parte da madeira das árvores derrubadas ainda estava em leiras, em meio ao pasto.

Em sua defesa, o pecuarista, que tem 79 anos e reside em Maracaju, disse que adquiriu a fazenda há apenas 4 meses e que o antigo proprietário foi o responsável pelo desmate ilegal. Entretanto, ele deverá apresentar um plano de recuperação da área degradada e alterada, junto ao órgão ambiental.

Como consequência da vistoria, a PMA interditou as atividades no local.

Com as imagens de satélite, as equipes fazem o levantamento das áreas desmatadas e, depois, os dados são cruzados com as licenças emitidas. Os locais com desmatamento ilegal são registrados e os responsáveis são autuados.

Balanço - Neste início de 2018, a PMA já realizou autuação seis proprietários rurais em Mato Grosso do Sul. Os últimos foram flagrados neste sábado (13).

Uma das ocorrências foi registrada em Guia Lopes da Laguna, quando foram encontrados 6,2 hectares desmatados ilegalmente. O infrator tem 61 anos e recebeu multa administrativa de R$ 1,8 mil, além de responder por crime ambiental, que prevê pena de 3 a 6 meses de detenção.

O sexto fazendeiro foi autuado em Jardim, onde 93,5 hectares foram destruídos. O proprietário, de 66 anos, foi multado em R$ 28 mil. 

Matéria editada às 11h08 para acréscimo de informações. 

Propriedade em Guia Lopes da Laguna, onde 6,2 hectares foram desmatados ilegalmente. (Foto: Divulgação/PMA)Propriedade em Guia Lopes da Laguna, onde 6,2 hectares foram desmatados ilegalmente. (Foto: Divulgação/PMA)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions