ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 18º

Meio Ambiente

Primavera chega com chuva e menos calor que no inverno

Nos três próximos meses, Mato Grosso do Sul deve registrar média de temperaturas entre 22,5°C e 27,5°C

Por Liniker Ribeiro | 18/09/2020 17:36
Dia amanhecendo em Campo Grande, nesta sexta-feira; calor continua, mas em menor proporção durante a Primavera (Foto: Henrique Kawaminami)
Dia amanhecendo em Campo Grande, nesta sexta-feira; calor continua, mas em menor proporção durante a Primavera (Foto: Henrique Kawaminami)

As altas temperaturas registradas recentemente, em Mato Grosso do Sul, devem continuar durante os próximos três meses, porém, não com a mesma proporção registrada nos últimos dias do inverno, quando o calor intenso fez a sensação térmica chegar a 50°C, no Estado. Conforme previsão meteorológica, com maiores chances de chuva, a primavera deverá ser de temperaturas mais agradáveis.

“Primavera promete não ser de temperaturas elevadas como passamos no inverno. Tudo indica que as temperaturas serão mais amenas, mais agradáveis”, destaca Franciane Rodrigues, coordenadora do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima. “Nesse período tivemos temperaturas entorno de 42°C, a expectativa é que não tenhamos tudo isso por conta das chuvas”, complementa.

E as mudanças climáticas começam já neste fim de semana. A previsão, inclusive, é de chuva na maior parte do Estado, inclusive em Campo Grande, onde pancadas isoladas podem ocorrer já na noite desta sexta-feira (18).

“Estamos desde o dia 22 de agosto sem registro de chuvas significativas em Mato Grosso do Sul, um período de grande estiagem, mas este fim de semana já tem mudanças no tempo no estado”, ressalta Franciane.

Conforme a profissional, a previsão, inclusive, de pancadas de chuva para as regiões pantaneiras, o que deve melhorar as condições do tempo e ajudar a evitar novos focos de incêndio.

“Entre 18 e 26 de setembro, as pancadas de chuva vão retornar a MS, ainda com índices baixos, mas já são mudanças significativas diante da melhoria do tempo seco”, destaca. Ainda segundo Franciane, durante os três meses da próxima estação, são esperados de 400 a 500 milímetros de chuva na região pantaneira, principalmente nos municípios de Corumbá, Sonora e Paranaíba.

Neste período, Mato Grosso do Sul deve registrar média de temperaturas entre 22,5°C e 27,5°C entre mínimas e máximas. Os dias mais quentes, como esperado, devem ser na região pantaneira.

Em relação as chuvas, a profissional destaca ainda que, normalmente, a primavera registra ocorrências de chuvas regulares, mas que este ano deve ser diferente. “O esperado é que sejam irregulares, aquelas quando chove dois ou três dias, depois passa um tempo, até chover de novo. Tem um motivo para que isso aconteça. Estamos em condições de La Ninã de baixa intensidade”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário