ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 11º

Meio Ambiente

Produtores nas bacias dos rios de Bonito vão receber pelos serviços ambientais

Programa de Pagamento por Serviços Ambientais paga primeira parcela de quem preserva o meio ambiente

Por Gabriela Couto | 03/07/2022 09:15
Imagem aérea do Rio Formoso, com mata ciliar preservada. (Foto: Divulgação) 
Imagem aérea do Rio Formoso, com mata ciliar preservada. (Foto: Divulgação)

A primeira parcela do do Programa de Pagamento por Serviços Ambientais do Governo do Estado foi paga aos 42 proprietários de imóveis das bacias dos rios Formoso e da Prata, em Bonito e Jardim. Ao todo são R$ 209.322,03 dos R$ 942.849,85 que estão empenhados para incentivar a preservação do meio ambiente.

O Estado é um dos pioneiros no país com esse tipo de programa que ajuda a restaurar e proteger os serviços ecossistêmicos associados à biodiversidade, ao clima e aos estoques de carbono no âmbito.

 Os recursos são oriundos do Funles (Fundo de Defesa e Reparação de Interesses Difusos e Lesados), gerido pela Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar ).

O Edital Semagro/Funles 02/2021 instituindo o PSA Uso Múltiplo Rios Cênicos Formoso e Prata foi lançado em dezembro do ano passado, abrindo-se prazo para os proprietários rurais fazerem adesão. Ao todo, 56 propriedades se cadastraram nessa primeira fase, e após análise documental e outros trâmites preliminares, foram homologadas 42 como aptas a receber os recursos.

Essas propriedades somam, juntas, 5.491,65 hectares, mas não é toda essa área que será abrangida pelo programa. São contemplados 3.071 hectares ocupados com pastagens, 1.959 ha de área de conservação (reserva legal, remanescente florestal ou área de proteção permanente), 197 ha utilizado para agricultura, 160 ha de áreas úmidas e 32 ha em fase de restauração.

Proprietários assinam documento para receber a primeira parcela do PSA. (Foto: Divulgação)
Proprietários assinam documento para receber a primeira parcela do PSA. (Foto: Divulgação)

Confira a lista das propriedades credenciadas que ajudam na conservação participando do programa: Clarinda Alves Pereira, Juliano da Silva Sanches, Fabiana Belmonte da Silveira Rodrigues, Valdemir Garcia Martins, Maria Leopoldina de Almeida Campos, Aline Navarro, Miguel Cardoso Ferreira, Tito Vargas de Matos, Arcanjo Pazette, Nelson Izidoro Chemin, Marisa Santos, Luiz Fernando Rodrigues da Cunha, Maria Rita Vargas de Matos, Bosque das Águas Empreendimentos Turísticos, Sandra Mara Freitas Vieira, Henriqueta Rodrigues Scherer, Adelia da Cunha Jacques, Rodrigo Brognara Zanini, Rooswelt R. Sampaio, Curicaca Armazéns Gerais Ltda, Otaviano Rodrigues Scherer, Milva Pelk Moraes, Maria Aparecida Zanuncio de Oliveira, Antônio da Silva, Rozeni de Souza, Noel Pinheiro de Almeida, Rooswelt R. Sampaio, Ramona Vieira de Souza, Eduardo Folley Coelho, Tabernáculo Amor Divino, Maria do Socorro Pires, Tamara de Lima Martins Serra, Nelson Izidoro Chemin, Chantal Bernanos, José Nazareno Trevelin, Irlau Machado Filho, Izauri Gonzaga de Lima Júnior, Agropecuária Rio da Prata Ltda – Filial, José Nazareno Trevelin, Iara da Mata Rodrigues, Eza Jacques Monteiro Leite, Agropecuária Rio da Prata Ltda.

Nos siga no Google Notícias