A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

24/02/2018 10:32

"País precisava desta reforma", diz Reinaldo sobre projeto da Previdência

Presidente resolveu suspender votação para focar na segurança, após decreto sobre intervenção no RJ

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Reinaldo Azambuja (PSDB), governador do Estado,
durante evento do Vale Renda. (Foto: Leonardo Rocha).Reinaldo Azambuja (PSDB), governador do Estado, durante evento do Vale Renda. (Foto: Leonardo Rocha).

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), comentou sobre a suspensão da votação da reforma da Previdência. Afirmou ter sido "uma pena" e que o projeto terá de ser pautado pelo próximo presidente da República.

Para ele, o Brasil precisava desta reforma, além de outras, "importantes para levar emprego e oportunidades para as pessoas. "Uma pena que ela não teve condições políticas para ser aprovada".

Caberá, então, ao presidente que assumirá o governo federal, em 2019. Além do setor Previdenciário, o sucessor deverá assumir também reformas tributária e política.

A reforma da Previdência foi suspensa, por enquanto, em virtude da intervenção no Rio de Janeiro (RJ). O ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, disse, em agenda na Capital ontem (dia 23), que o presidente Michel Temer (MDB), optou por focar na segurança e deixar a reforma para depois.

Marun também revelou que o Planalto "não tinha os votos necessários" a aprovar o projeto. O ministro considerou a situação uma derrota para o Brasil e também para si mesmo, já que essa era sua primeira missão como titular do cargo.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions