A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

22/02/2018 21:55

“Saio pela porta da frente”, afirma ex-chefe da Sudeco após demissão

Chamado de "insano" pelo ministro Carlos Marun, Antônio Carlos Nantes de Oliveira foi demitido depois de anunciar que iria concorrer à Presidência do Brasil

Adriano Fernandes
Antônio Carlos Nantes de Oliveira era superintendente da Sudeco, desde outubro de 2016. (Foto: Facebook) Antônio Carlos Nantes de Oliveira era superintendente da Sudeco, desde outubro de 2016. (Foto: Facebook)

O ex-chefe da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro Oeste) Antônio Carlos Nantes de Oliveira, definiu como antecipada, mas “pela porta da frente”, a sua saída do cargo, após demissão.

A demissão foi anunciada pelo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), que ainda questionou a sanidade mental de Antônio Carlos depois do anúncio de que iria disputar a vaga de candidato à presidência.

Em postagem no Facebook o ex-chefe da superintendência ironizou o comentário do ministro, e ainda informou que já havia programado seu desligamento. “Num país que vive uma democracia, teria (eu) cometido a ‘insanidade’ de, como cidadão, me arvorar como pré-candidato à Presidência da República”, afirmou. 

“Para o cumprimento da legislação eleitoral, eu já havia programado meu pedido de desligamento para o dia 5 de abril. Conforme o que está anunciado, essa data será antecipada em, mais ou menos, quarenta dias. Nada a reclamar”, completa.

No pronunciamento Antônio Carlos ainda se disse orgulhoso de sua “história de vida”, e inclusive por sua exoneração, apesar de “inusitada”, não ter sido motivada por nenhum crime relacionado a atividade pública.

“Saio da Sudeco da mesma forma como entrei e como foi toda a minha vida: pela porta da frente, com a consciência tranquila, pelo dever cumprido e a olhar, sereno e calmo, nos olhos de todos”, concluiu.

Trajetória - O ex-superintendente, é filiado ao MDB desde 1969 e ex-deputado federal por Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e havia sido indicado ao cargo pelo ex-governador André Puccinelli tendo assumido o órgão em outubro de 2016.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions