A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

12/12/2014 09:49

Abertura de nova vaga de conselheiro continua parada no Tribunal de Contas

Leonardo Rocha
Tribunal ainda não abriu vaga para novo conselheiro, demora no processo já gerou reclamações (Foto: Divulgação - TCE)Tribunal ainda não abriu vaga para novo conselheiro, demora no processo já gerou reclamações (Foto: Divulgação - TCE)

Faltando apenas uma semana para encerrar as atividades no legislativo, a abertura da nova vaga de conselheiro no TCE (Tribunal de Contas Estadual), continua parada. A concretização da aposentadoria do presidente do Tribunal, José Ricardo Cabral, ainda não chegou nas mãos do governador André Puccinelli (PMDB), que vai indicar o substituto.

Este processo está com o conselheiro- corregedor Ronaldo Chadid, que após confirmar a aposentadoria para Cabral, envia esta informação e abertura de vacância, ao governador André Puccinelli (PMDB), sendo esta vaga do executivo estadual.

Depois da indicação, o escolhido terá que ter o aval dos deputados estaduais, antes de ser confirmado e ter seu nome publicado no Diário Oficial do Estado. O presidente da Assembleia, o deputado Jerson Domingos (PMDB), inclusive já reclamou da demora no processo e ainda avisou que a última sessão está marcada para o dia 18, na próxima quinta-feira.

Se não chegar a tempo, os deputados terão que realizar uma sessão extraordinária. Jerson ressaltou que não havia motivo para isto, além de trazer custos aos cofres públicos. Já Puccinelli se limitou a dizer, ontem (11), que em nenhum momento fez pressão para que o processo fosse agilizado, e que confia na hombridade e proficiência do corregedor Ronaldo Chadid.

De acordo com informações divulgadas no Campo Grande News, está demora no processo provocou a exoneração do diretor de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas do Estado, Nilton Leopoldino Rodrigues.

Favoritos - Entre os principais cotados para vaga, está o deputado estadual Antônio Carlos Arroyo (PR), que diz ter a palavra de Puccinelli para ficar com o cargo, além do secretário estadual de Obras, Edson Giroto, que negou as conversas, mas admitiu que aceitaria a indicação. O governador também tem dito que existe um terceiro nome na disputa.

Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...
Moreira Franco: MP das Rodovias dará segurança jurídica e resolverá problemas
O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que a MP das Rodovias vai garantir condições de investimento nas concessões at...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions