A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/02/2013 13:15

Acordo dá maior participação a nanicos em comissões na Assembleia

Paula Vitorino
Jerson diz que bom senso garantiu acordo para participação de nanicos nas comissões. (Foto: Divulgação)Jerson diz que bom senso garantiu acordo para participação de nanicos nas comissões. (Foto: Divulgação)

Em reunião entre seis representantes dos partidos com minoria na Assembleia Legislativa e o presidente da Casa, Jerson Domingos (PMDB), ficou garantida a maior participação dos deputados de legendas nanicas na formação das comissões.

Com o acordo, sai de cogitação a possibilidade de formar um bloco partidário entre os 11 deputados de partidos nanicos. A proposta foi cogitada como alternativa para ampliar o poder de indicação de deputados para as comissões, passando de uma para duas.

A ampliação refletiria na perda de uma indicação do PMDB, que por ser maioria na AL, com cinco deputados, tem direito a indicar dois. As 14 comissões da Casa são compostas por cinco membros, sendo a indicação dividida da seguinte forma: PMDB (dois), PSDB (um), PT (um), e nanicos (PSB, PSL, PPS, PP, DEM, PDT, PTdoB) com uma indicação.

Jerson justifica que houve bom senso entre os deputados e praticamente já começaram a formar as comissões. “Acordamos que PT e PMDB vão ceder vagas, até porque alguns de seus integrantes já estão comprometidos com outras atividades, como a Mesa Diretora, e cada deputado não pode ocupar mais de três comissões”, diz.

O presidente frisa que “vai sobrar vaga” e, portanto, os nanicos vão ficar com mais de dois membros em algumas comissões e, inclusive, com a presidência em alguns casos.

Mas a CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), considerada a mais importante, deve ficar com o PMDB na presidência, com o deputado Marquinhos Trad. No ano passado, acordo entre os partidos garantiu a Antônio Arroyo (PR) a presidência.

Apesar dos privilégios das bancadas maiores nas decisões, Jerson garantiu que “as comissões serão formadas independente de partido. Estamos dando oportunidade para os deputados de acordo com a área que tenham maior ligação”.

Definição – Jerson disse que após 18 anos na Casa “é a primeira vez que vejo as comissões sendo formadas logo na primeira sessão”. O deputado prevê que após o Carnaval os membros das comissões já estejam definidos.

Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions