A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/07/2008 10:29

Advogados conseguem adiar julgamento de Coronel Ivan

Redação

Acusado de infidelidade partidária, o deputado estadual Coronel Ivan teve seu julgamento adiado para o próximo dia 30. A decisão, atendendo pedido dos advogados Rene Siufi e Josephino Ujacow, foi do juiz relator do caso, Paulo Cinoti.

Os advogados Rene Siufi e Josephino Ujacow, que defendem Coronel Ivan, pediram o adiamento do julgamento alegando impossibilidade de comparecer à sessão de hoje. Eles argumentaram que o Código de Processo Civil garante o direito de sustentação oral durante o julgamento.

Ivan deixou o PSB e está sem partido. Ele seria julgado na noite desta quarta-feira. Ele será o segundo deputado estadual de Mato Grosso do Sul a ser julgado por infidelidade partidária. Ari Artuzi, que trocou o PMDB pelo PDT, foi inocentado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions