A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/10/2014 18:25

Aécio empolga 5 mil com promessa de varrer o PT do comando do Brasil

Lidiane Kober e Ludyney Moura
Aécio disse vai libertar os brasileiros desse partido que tomou conta do Brasil e esqueceu dos brasileiros (Foto: Alcides Neto)Aécio disse vai "libertar os brasileiros desse partido que tomou conta do Brasil e esqueceu dos brasileiros" (Foto: Alcides Neto)

Em comício de cerca de meia-hora, na tarde desta terça-feira (21), em Campo Grande, o candidato a presidente Aécio Neves (PSDB-MG) empolgou cerca de 5 mil pessoas com a promessa de tirar o PT do comando do Brasil. Ele ainda classificou Reinaldo Azambuja (PSDB), candidato a governador, como “um dos maiores homens públicos de sua geração” e prometeu incentivar a produção sul-mato-grossense, além de abrir novos mercados ao Estado.

Ele chegou à Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira pouco depois das 17h e precisou driblar, com pedidos de “calma”, uma multidão de eleitores até chegar ao palanque, lotado de prefeitos, deputados e vereadores de partidos aliados.

O comício foi aberto, por volta das 17h15, pela candidata à vice-governadora Rose Modesto (PSDB). Depois, Reinaldo assumiu o microfone e Aécio encerrou o ato político cerca de meia-hora depois.

O momento de mais euforia foi quando ele prometeu varrer o PT de Brasília. “Vou vencer as eleições e tirar o PT, vou libertar os brasileiros desse partido que tomou conta do Brasil e esqueceu dos brasileiros”, declarou. “Não tenho medo do PT, meu governo será decente, honrado e parceiro dos estados e municípios”, completou, arrancando aplausos e gritos do público.

Poucos antes, Aécio disse que os eleitores têm a “enorme oportunidade de ter responsabilidade sobre o futuro político do Estado e do país”. “O que está em jogo é muito mais do que a vitória ou a derrota de um candidato, em primeiro lugar temos a oportunidade histórica de dar a Mato Grosso do Sul um governador decente, honrado e trabalhador”, emendou.

Para o candidato a presidente, “Reinaldo é um dos maiores homens públicos de sua geração”. Para auxiliar a gestão do correligionário, Aécio se comprometeu em “dar estrutura para agronegócio aumentar a produção e abrir mercado para o que é produzido aqui”.

Ele revelou ainda que “pesquisas internas mostram que Mato Grosso do Sul pode ser o Estado que vai me dar a maior vitória no Brasil”. Por último, prometeu “respeitar os servidores públicos, os bancos públicos e os médicos brasileiros”.

Poucos antes, Reinaldo afirmou que “não adianta o PT vir com mentiras e baixarias, porque a verdade vai sempre prevalecer”. “Junto com o Aécio, tenho a missão de construir uma política decente, transparente e com responsabilidade”, acrescentou.

Ainda no comício, o candidato a governador destacou que a “prioridade número” de sua eventual administração “será saúde e também segurança e educação de qualidade”. “O que a população quer é resultado e transparência. No dia 26, será uma vitória linda”, finalizou.

Já a candidata à vice, agradeceu o apoio dos eleitores. “Deus e vocês são os grandes responsáveis pelo o que está acontecendo no Brasil, na pessoa do Aécio e, em Mato Grosso do Sul, na pessoa do Reinaldo”, disse.

Com agenda corrida, Aécio ficou em terras campo-grandenses por duas horas. Desembarcou às 16h e, às 18h, entrou em jato particular, para seguir à Goiânia (GO) cumprir outra agenda de campanha. Ainda hoje, ele voltará a São Paulo. Essa foi a terceira vez no ano que o tucano veio ao Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions