A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

27/08/2015 14:15

Alcides Bernal reassume a Prefeitura em clima de paz com os vereadores

Paulo Yafusso e Antonio Marques
Em ato simbólico ao lado de vereadores, Alcides Bernal recebe a chave da Prefeitura (Foto: Vanessa Tamires)Em ato simbólico ao lado de vereadores, Alcides Bernal recebe a "chave" da Prefeitura (Foto: Vanessa Tamires)

A volta de Alcides Bernal (PP) ao Paço Municipal no início da tarde desta quinta-feira foi marcada pelo compromisso de paz entre ele e os vereadores. O novo presidente da Câmara Municipal, vereador Flávio César (PT do B), participou do ato simbólico de entrega das chaves da Prefeitura e enfatizou essa aproximação entre o Executivo e o Legislativo.

“A Câmara de Vereadores está de portas abertas e braços erguidos para, além das bandeiras de Campo Grande, de Mato Grosso e do Brasil, hastear a bandeira da paz no mastro mais alto”, afirmou o vereador do PT do B. Afirmou ainda, que o momento é de se firmar “um pacto por Campo Grande”. Ao lembrar que Alcides Bernal “temente a Deus”, Flávio César fez uma citação bíblica ao se referir ao comportamento dele, Bernal, no retorno à administração municipal. “O temor do Senhor é princípio da sabedoria”, disse ele.

Embora no início da gestão de Bernal tenha atuado na oposição, o vereador Chiquinho Teles participou do ato de retorno de Bernal à Prefeitura. Ele justificou que era “uma retribuição a ele (Bernal) por ter ido à Câmara”. Teles lembrou que, pela manhã na visita ao Legislativo, Bernal reconheceu ter cometido alguns equívocos na relação com os vereadores, mas que isso era passado e que ele quebrara os dois retrovisores do carro, e que agora só vai olhar para frente. Atitude que o parlamentar considerou de grandeza por parte do prefeito.

Cerca de 200 pessoas se aglomeraram em frente ao Paço Municipal para acompanhar a volta de Bernal. Em uma solenidade improvisada na frente do prédio, ele agradeceu desde o mais simples ao mais abastado dos campo-grandenses. Afirmou estar de “alma lavada” por ver que estava correto quando enfrentou as injustiças e difamações no período que antecedeu a cassação do seu mandato pelos vereadores. “Campo Grande quer ver o progresso, quer ser feliz, quer ver o voto respeitado e juntos vamos vencer as dificuldades”, declarou o prefeito.

No retorno ao Executivo, Bernal tem admitido que a experiência vivida na época da cassação o levou a refletir e agora ele busca o entendimento, a harmonia, e o que chama de “governo de coalizão”. Por isso, afirmou que o passado já foi. “Agora é pensar em Campo Grande, esquecer o ranço. Campo Grande precisa de paz”, afirmou Alcides Bernal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions