A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/03/2011 10:45

Alex do PT propõe criação de Câmara Técnica Imobiliária para fortalecer setor

Fabiano Arruda

Câmara terá caráter consultivo e se propõe a embasar decisões do prefeito

Vereador ressalta caráter consultivo da Câmara Setorial. (Foto: Fernando Dias)Vereador ressalta caráter consultivo da Câmara Setorial. (Foto: Fernando Dias)

O vereador Alex do PT vai apresentar, dentro dos próximos meses, Projeto de Lei que propõe a criação da Câmara Técnica Setorial e Imobiliária em Campo Grande.

De caráter consultivo, a ideia é que a Câmara funcione como um fórum permanente com reuniões ordinárias uma vez por mês.

O petista, que visitou o Campo Grande News nesta manhã, acredita que o grupo vai fortalecer as discussões sobre temas relacionados à construção civil que, segundo ele, é um dos elos que mais crescem economicamente em Campo Grande.

“O prefeito terá subsídios para qualquer discussão e, caso aprove, vai marcar um golaço”, comentou.

Nos próximos meses, Alex do PT revelou que pretende promover uma ampla discussão sobre o projeto na Capital, “apresentando à sociedade” com discussões até por meio de audiência pública.

Embora o caráter do projeto seja de auxílio técnico, o vereador admite que a Câmara Setorial terá papel fundamental na fiscalização das ações da Prefeitura no setor.

“O caso das desafetações, por exemplo: é preciso entender o que envolve isso e os impactos econômicos para o município. O Fórum pode analisar. O prefeito não precisa se sentir ameaçado. Isso é democracia participativa”, pontua.

O parlamentar faz questão de garantir que o fórum não vai diminuir o poder da Câmara Municipal sobre os assuntos.

Composição - Pelo projeto, a Câmara será formada por 13 técnicos, indicados pelo Secovi (Sindicato da Construção Civil e Vendas de Imóveis), Crea (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia), um representante do Poder Executivo (indicação do prefeito), Creci (Conselho Regional dos Corretores de Imóveis), Associação Comercial de campo Grande, CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas, Câmara de Valores, Fiems (Federação das Indústrias do Mato Grosso do Sul), UMAM (União Municipal das Associações de Moradores de Campo Grande), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil), Sintracon (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil) e CCDH (Centro de Defesa dos Direitos Humanos).

O fórum terá presidente, vice-presidente e secretário, que serão escolhidos, pelos próprios membros, logo na primeira reunião.

Alex do PT afirma que a indicação dos membros passará por aprovação da Câmara, analisando o currículo profissional por critérios técnicos.



Ótima idéia vereador, não te conheço nem votei em você.Mas apoio.
Sou contra tomarem decisões como por exemplo dobrarem o valor do IPTU sem escutar ou dar satisfação para a população.

Um fórum com técnicos e representantes de vários seguimentos afins vai ajudar e muito.


Parabêns pela idéia.

Vou ficar de olho quem dos vereadores vai ser contra !
 
Tatiana L. Araújo em 18/03/2011 08:03:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions