A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/12/2009 11:23

André ameaça punir policial que faz campanha no serviço

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) disse nesta quinta-feira que vai punir o policial civil, militar ou bombeiro que fizer campanha política em horário de expediente, seja qual for o candidato.

O aviso do governador foi dado durante discurso na solenidade de entrega de 37 viaturas para a PM (Polícia Militar), no comando da corporação.

O 'puxão de orelha' começou pela Polícia Civil. "Doutor Jorge Razanauskas e delegados ou delegadas que estejam andando a tiracolo e fazendo campanha em horário de expediente. Nem para mim eu aceito isso, quem dirá para os adversários", disse o governador.

André prossegue o discurso 'atirando' também na PM e Corpo de Bombeiros. " Seja PM, Civil ou Bombeiro, que promover reunião dentro de suas corporações, serão por mim diretamente penalizados".

No 'recado', o governador faz ainda uma alusão ao futebol. "Não precisa fazer campanha para o Santos, time que eu torço, mas, também não aceito que faça para o Cortinthians, Palmeiras ou São Paulo".

Puccinelli 'libera' os operadores da segurança pública para agirem como quiserem aos fins de semana. "Domingo e sábado é outra coisa. Todo mundo tem direito de torcer para quem quiser. Democraticamente, esse governo sabe respeitar isso", declarou.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions