A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/12/2009 15:15

André defende candidato a presidente e reclama do FPE

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) defendeu hoje que seu partido lance candidato próprio a presidente da República em 2010. Ele também reclamou da partilha desigual de recursos federais entre os estados.

Tudo isso foi dito durante convenção estadual do partido, realizada nesta manhã no Ondara Palace, em Campo Grande.

Puccinelli lançou um movimento denominado por ele próprio como "PMDB das bases rumo ao Planalto". Porém, o governador não citou nomes possíveis para disputar a presidência. Nem sequer lembrou do pré-candidato Roberto Requião, governador do Paraná.

"Falta-nos iniciar uma caminhada rumo ao Planalto. Haveremos de ter um líder nacional para ter candidato próprio à presidência. Time que não entra em campo perde torcida", declarou o governador, em seu discurso.

Puccinelli defendeu ainda que o PMDB trabalhe para que seus filiados votem em candidatos do partido. Mesmo assim, foi cauteloso ao falar de aliados.

"Não pensem que com este discurso, estou me contrapondo às alianças que tive que fazer e ainda farei", disse, enfatizando que só convocou para seu governo pessoas de outros partidos que não tenham histórico de improbidade.

Rateio - O governador reclamou durante seu discurso sobre a má distribuição dos recursos do FPE (Fundo de Participação dos Estados).

Para ele, o rateio está sendo feito de forma injusta. Também declarou que os estados do Centro-Oeste "merecem respeito".

"Enquanto Mato Grosso do Sul tem índice de 1,39%, Tocantins, que nasceu feliz, sem dívidas, tem índice de 4%. Vamos lutar, destemidamente, junto com os governadores do Centro-Oeste, contra essa partilha. O Centro-Oeste merece respeito, não queremos migalhas", disparou Puccinelli, que encerrou, mais uma vez, seu discurso em lágrimas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions