A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/09/2011 23:24

André promete entregar R$ 3 bilhões em obras até o final de 2013

Paulo Fernandes e Paula Maciulevicius
Governador André Puccinelli: já estão em execução R$ 542 milhões em obras do programa MS Forte (Foto: João Garrigó)Governador André Puccinelli: já estão em execução R$ 542 milhões em obras do programa MS Forte (Foto: João Garrigó)

Em comemoração aos 34 anos de Mato Grosso do Sul, o governador André Puccinelli prestou contas nesta sexta-feira dos R$ 542 milhões em obras, entre entregues e iniciadas, e prometeu concluir os R$ 3 bilhões do Programa MS Forte até o final de 2013.

A prestação de contas aconteceu no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. “É uma pequena amostra do que já foi realizado. Nenhuma das obras estará inconclusa até o final de 2013”, afirmou o governador André Puccinelli. “O balanço é uma prestação de contas para o nosso patrão, que é o povo de Mato Grosso do Sul”, acrescentou.

Do montante de R$ 542 milhões, 80% são de recursos próprios do Governo do Estado. Além disso, o governador assinou nesta noite uma ordem de serviço de R$ 25 milhões para mais obras.

A maior parte do investimento é para a área de infraestrutura, pavimentação e recuperação asfáltica. De acordo com o Secretaria de Estado de Obras Públicas e de Transportes, Wilson Cabral, dos R$ 3 bilhões do MS Forte, metade (R$ 1,5 bilhão) será destinado para obras de infraestrutura, principalmente para a pavimentação de regiões até então isoladas.

“Principalmente a região Norte, que recebe mais de 400 km de pavimentação, o que vai gerar desenvolvimento”, disse.

Estão sendo entregues ainda 740 casas, agências do Detran e as obras de reforma do Hospital de Nova Andradina, do CTI (Centro de Terapia Intensiva) pediatra e adulto do Hospital Regional e de escolas.

O MS Forte contempla ainda projetos de qualificação profissional, investimento no Programa Vale Renda e Vale Universidade.

“Hoje damos uma pequena amostra do que já foi realizado”, resumiu André sobre o balanço de investimentos já entregues, como a rede de hospitais que vem garantindo a regionalização do atendimento de saúde e as dezenas de escolas reformadas. Ao citar a perspectiva de entregar à população as obras recém finalizadas e garantir o começo da execução de outras, o governador afirmou que essa é uma demonstração simbólica do que vai ocorrer – R$ 542 milhões de investimento nesse conjunto de obras e projetos de aniversário. “Vamos concretizar esses 34 anos, e vai ser o início do MS Forte 2”, disse Puccinelli.

Lançadas há dois anos, as ações de investimentos em obras, programas e projetos que integram o MS Forte estão finalizadas ou em andamento, em diferentes estágios. Algumas se estenderão até 2013, e nenhuma, assegurou André, estará inconclusa até o fim desse ano.

Foco no social - Os quase três anos e meio de governo que vêm pela frente vão ser focados no social, anunciou André Puccinelli, que quer ver as ações de todas as áreas refletindo na inclusão social e na melhoria da qualidade de vida da população que mais precisa. Contando hoje com 100 mil famílias assistidas diretamente nos diversos programas sociais, o governo quer tornar mais abrangente essa cobertura, por meio de projetos que embora não estejam oficialmente enquadrados como prestação de assistência, resultam na inclusão e em oportunidades. “Entendemos que se assiste o cidadão quando lhe garantimos uma casa; quando aumentamos o co-financiamento da Assistência Social para os municípios; quando, com a Assembleia, conseguimos fazer a triagem da destinação dos recursos para a educação; quando se faz a saúde no município”, disse.

Complexo Lagoa, uma das obras do pacote de R$ 542 milhões de investimentos. (foto: Divulgação)Complexo Lagoa, uma das obras do pacote de R$ 542 milhões de investimentos. (foto: Divulgação)


Muiitos querem colocar em dúvidas a administração do Gov. André. Porém dentro dos princípios que norteiam um administrador público,é notório a seriedade de como dirige os destinos do Estado.Com o estilo de quem faz acontecer,... sempre objetivando evitar gastos desnecessários, excedente ou falta de funcionários, falhas de comunicação ou problemas de desperdício.O Gov. André cuida, essencialmente da parte financeira, fiscalizando os gastos evitando, assim, déficits orçamentários. Sob o aspecto operacional,tem um desempenho perene e sistemático, legal e técnico dos serviços próprios do Estado, em benefício da coletividade. Acima de tudo, tem gosto pela liderança e pela gerência de operações, com amplo domínio de conceitos administrativos e econômicos fator primordial para quem planeja o futuro. Outro ponto forte de sua administração é o fato de todas as obras só serem lançadas com o financeiro em caixa, o que de certo gera econômia aos cofres públicos e trás tranquilidade às empresas contratadas.
Não há como duvidar dos bons propositos da ADMINISTRAÇAO DE ANDRÉ
 
josé ivan de almeida em 01/10/2011 02:10:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions