A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/10/2014 17:29

André Puccinelli define o pacote de inaugurações para encerrar mandato

Rodovias, Aquário e campus da UEMS vão ser inaugurados até o fim de dezembro deste ano

Ludyney Moura
Prédio da UEMS em Campo Grande está sendo construído na MS-080, saída para Rochedo (Foto: Marcos Ermínio)Prédio da UEMS em Campo Grande está sendo construído na MS-080, saída para Rochedo (Foto: Marcos Ermínio)

O governador André Puccinelli (PMDB), afirmou em entrevista exclusiva ao Campo Grande News que cumprirá uma extensa agenda de entregas e inaugurações nos dois últimos meses de seu mandato, que termina em 31 dezembro deste ano. O pacote para marcar o fim dos oito anos de mandato tem o Aquário do Pantanal, considerada a obra emblemática na Capital, o campus da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande, o prédio da Central de Regulação e obras de pavimentação.

“Vamos totalizar, só no MS Forte 2, um total de 3.662 quilômetros de asfalto novo. Alguns eu nem inaugurei e já estão disponíveis para a população”, disse o governador.

Além das obras de pavimentação asfáltica nas rodovias do Estado, que segundo ele, “vão proporcionar melhorias no escoamento da produção e potencializar desenvolvimento às mais diversas regiões do Estado”, Puccinelli afirmou que vai entregar ainda este ano o prédio na UEMS na Capital.

A Central de Regulação de Saúde da Capital, na Avenida Afonso Pena esquina com a Rua Bahia, foi reformada e ampliada (Foto: Marcos Ermínio)A Central de Regulação de Saúde da Capital, na Avenida Afonso Pena esquina com a Rua Bahia, foi reformada e ampliada (Foto: Marcos Ermínio)
Mais de 70% das obras da MS-010, que vai ligar Campo Grande a Rochedinho, já estão prontas (Foto: Marcelo Calazans)Mais de 70% das obras da MS-010, que vai ligar Campo Grande a Rochedinho, já estão prontas (Foto: Marcelo Calazans)

As obras de conclusão da ampliação e reforma do prédio do complexo regulador de saúde da Capital estão praticamente prontas. Entra na conta também a inauguração do Aquário do Pantanal, que apesar de estar no cronograma de entregas, ainda é oriunda do MS Forte 1.

Entre as obras citadas pelo governador ao Campo Grande News, e que serão inauguradas até o final do ano, estão a pavimentação da MS-010, que liga Campo Grande a Rochedinho, e que restam apenas 5 dos 17 km a serem asfaltados.

André também citou a MS-040, que ligar a Capital a Santa Rita do Pardo, em um total de 210 quilômetros de asfalto, a MS 316 e 320, entre os entrocamentos da BR-060 e MS-377, na região norte do Estado, a conclusão da MS-112, entre os municípios de Inocência e Cassilândia.

 

A MS-040, com 210 km de extensão, vai custar R$ 275 milhões ao governo estadual (Foto: Marcelo Calazans)A MS-040, com 210 km de extensão, vai custar R$ 275 milhões ao governo estadual (Foto: Marcelo Calazans)

A MS-180, quase 40 quilômetros de asfalto entre São Gabriel do Oeste e Rio Negro, e a MS-180, outros 98 quilômetros entre as cidades do Conesul de Juti a Iguatemi também estão na lista.

O MS Forte 2, maior pacote de obras de infraestrutura e logística da história do Estado, foi lançado pelo governador em agosto de 2013, e ao final da execução terá injetado na economia sul-mato-grossense R$ 3,6 bilhões, divididos em três grandes áreas: desenvolvimento social (R$ 1,44 bilhão); produção e desenvolvimento sustentável (R$ 706 milhões) e infraestrutura e logística (R$ 1,48 bilhão).

André lembrou ainda que os hospitais regionais de Três Lagoas e Dourados serão apenas iniciados em sua gestão. “Vou deixar o dinheiro, R$ 20 milhões, na conta específica para o próximo governador concluir a obra”, finalizou.

O Aquário do Pantanal, que será inaugurada por Puccinelli em 2014, ainda é um remanescente do MS Forte 1 (Foto: Marcelo Calazans)O Aquário do Pantanal, que será inaugurada por Puccinelli em 2014, ainda é um remanescente do MS Forte 1 (Foto: Marcelo Calazans)
André Puccinelli define o pacote de inaugurações para encerrar mandato
Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


Não gosto do Andre, mas reconheço que ele é um excelente administrador.
 
wild em 31/10/2014 07:29:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions