A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/11/2010 14:49

André quer diminuir em 30% despesa mensal com dívida

Redação

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), disse hoje, durante entrega de licença para implantação de uma fábrica da Petrobras em Três Lagoas, que pretende "puxar" a discussão sobre a mudança do índice usado para o pagamento da dívida dos Estados renegociada com a União.

A dívida de Mato Grosso do Sul, renegociada em 1998, custa hoje ao Estado, só em juros, R$ 55 milhões por mês, segundo afirmou o governador. Para ele, esse valor pode ser reduzido ao montante de R$ 38 milhões mensais, o que equivaleria a uma diminuição de 30%.

O governador considera que isso seja possível com a mudança do índice que corrige a dívida. "Quando foi feita a negociação, o indexador usado, o IGPD-I era o mais baixo, hoje ele é o mais alto.

A dívida renegociada é corrigida, segundo o acordo feito 12 anos atrás, pelo IGPD-I mais 6%. "Isso está dando 16,5%, 16,75%, juro maior que de mercado, quem aguenta?", questionou o governador. Puccinelli não citou que indexador considera mais correto.

De acordo com ele, vai procurar discutir o assunto com os próximos ministros da Fazenda e do Planejamento.

A discussão sobre o assunto já havia sido levantada, este ano, pelo governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), durante a campanha.

Puccinelli disse não temer ser prejudicado em um eventual debate pelo fato de não ter apoiado a presidente eleita Dilma Roussef (PT). "

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions