A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

10/12/2010 21:21

André se reúne com poderes na segunda para discutir duodécimo

Fernanda França e Paulo Fernandes
André ao lado de sua esposa, Beth Puccinelli, durante a cerimônia de diplomação. (Foto: João Garrigó).André ao lado de sua esposa, Beth Puccinelli, durante a cerimônia de diplomação. (Foto: João Garrigó).

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou há pouco que vai se reunir na próxima segunda-feira com representantes de todos os poderes para discutir e sacramentar a partilha de parte do duodécimo da Assembleia Legislativa.

A afirmação de Puccinelli foi feita durante a diplomação dos eleitos no dia 3 de outubro, que acontece no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande.

Com repasse de 3,5% da receita corrente líquida, o legislativo estadual abriu mão de 0,8%, cerca de R$ 40 milhões. Ontem, o presidente da Assembleia, Jerson Domingos (PMDB), informou que 0,5% do total disponível serão destinados ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Outros poderes como a Defensoria Pública e o Ministério Público Estadual, entre outros órgãos, também lutam por uma fatia deste bolo. André Puccinelli avisou que só vai colocar a proposta em votação quando houver consenso e tudo “estiver no papel”.

Dos 0,8% do duodécimo a ser repassado pela Assembleia, o provável é que 0,3% sejam destinados para o MPE.

Contudo, os defensores públicos também lutam para receber parte dos recursos. A Defensoria tem duodécimo de 1,5%.

A LDO que já foi enviada à Assembleia prevê o repasse de 3,5% para o Legislativo, o equivalente a R$ 183,4 milhões; de 6,3% para o Judiciário (R$ 330,2 milhões); e de 3,3%, ou R$ 172,9 milhões, para o MPE.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions