A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

24/10/2014 17:35

Apesar do feriadão, TRE não acredita em aumento de abstenção de votos

Leonardo Rocha
Desembargador João Maria Lós acredita que índice de abstenção não irá aumentar no 2° turno (Foto: Divulgação - Assessoria)Desembargador João Maria Lós acredita que índice de abstenção não irá aumentar no 2° turno (Foto: Divulgação - Assessoria)

Apesar do feriadão para os servidores públicos, o presidente do TRE-MS (Tribunal Regional de Mato Grosso do Sul), o desembargador João Maria Lós, acredita que este fato não irá aumentar o índice de abstenção de votos, no segundo turno, em comparação a primeira etapa, que registrou 20,53%, ou seja, 373.191 eleitores não compareceram para votar no Estado.

"Este feiradão é exclusivo para os servidores públicos, que tem a obrigação de votar, acredito que não vai afetar em nada a votação do segundo turno, até porque estes eleitores devem votar no domingo (26) e depois seguir para viajar", ponderou ele.

O desembargador ainda citou que várias campanhas estão sendo realizadas tanto nas rádios, como na TV, incentivando a população a comparecer no dia da eleição e assim efetuar o seu voto. "O eleitor precisa ter um compromisso com a sociedade, e ir até a sua zona eleitoral, até porque só irá valer os votos válidos, justamente este que dá legitimidade para o candidato vencedor", apontou ele.

Feriado - A preocupação sobre o aumento do índice de abstenção começou após o governo estadual decretar ponto facultativo aos servidores, nos dias 27 (segunda) e 28 de outubro (terça-feira), gerando um feriadão, com início neste final de semana.

Outros órgãos estaduais também seguiram esta decisão, como a Assembleia Legislativa e TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), além de várias prefeituras, entre elas Campo Grande.

De acordo com o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo (sem partido), a tendência é a maioria dos municípios seguir o governo estadual. A prefeitura de Dourados não aderiu ao feriadão, transferindo a comemoração do dia do servidor, para 31 de outubro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions