A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/04/2012 08:40

Após conversa com prefeito, Siufi sinaliza mudança de prédio da Câmara

Fabiano Arruda e Wendell Reis
Mudança de prédio da Câmara segue indefinida. (Foto: João Garrigó)Mudança de prédio da Câmara segue indefinida. (Foto: João Garrigó)

O vereador Paulo Siufi (PMDB) sinalizou nesta terça-feira, após conversar com o prefeito Nelsinho Trad (PMDB), a mudança de prédio da Câmara Municipal de Campo Grande.

O presidente da Casa de Leis afirmou que, para receber os novos vereadores na próxima legislatura, continuar no atual prédio “não seria bom”.

Ele ainda revelou que, em conversa com o prefeito, uma “situação interessante” para a questão teria sido encontrada, sem dar pistas para “não atrapalhar as negociações”.

Mesmo com os sinais de mudança de prédio, Siufi garantiu que a situação segue indefinida e que as possibilidades de continuar no mesmo local serão esgotadas, já que seria necessário alterar a atual estrutura de prédio para comportar o novo número de vereadores.

O peemedebista ainda garantiu que a população pode ficar tranquila, pois os vereadores vão cumprir o prazo para a mudança.

Entenda - Nelsinho Trad já descartou, publicamente, a construção de um novo imóvel para abrigar a Câmara Municipal. Uma ação na Justiça pede que os vereadores sejam despejados e que a prefeitura pague os aluguéis em atraso.

Uma das alternativas seria remanejar a Câmara para o prédio da rodoviária desativada. O local deveria receber o Juizados Especiais do Tribunal de Justiça, mas há um impasse diante da demora de desapropriação de parte do imóvel, que é privada.

Em dezembro do ano passado, a juíza da 3ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos de Campo Grande, Maria Isabel de Matos Rocha, julgou procedente o pedido da Haddad Engenheiros Associados solicitando a desocupação do imóvel no prazo máximo de 30 dias, sob pena de despejo. Além disso, considerou que a Prefeitura deveria restituir o valor.

Em janeiro, a Câmara conseguiu um recurso suspendendo a decisão. Já a Haddad entrou com outro recurso pedindo para a Justiça mude os critérios de cobrança dos valores, pedindo o pagamento dos juros desde o ano de 2005 e não desde a citação, em 2010.

O aluguel da Câmara, em vigor desde 2000, já teve direito a vários capítulos na Justiça. O valor mensal, que era de R$ 35 mil, foi considerado abusivo pelo MPE (Ministério Público Estadual) e em 2001 uma liminar reduziu o pagamento para R$ 15 mil.

O contrato acabou em 2005 e desde então o aluguel não foi pago. A construtora recorreu e obteve o aval da justiça para receber R$ 7 milhões pelos anos em que a Câmara não fez os depósitos pela locação. O argumento foi de que o contrato teve renovação automática.



A antiga rodoviaria de Campo Grande tem condições de abrigar a Camara de Vereadores com muita tranquilidade no piso superior, os dois cinemas poderiam receber as modificações necessárias para as seções serem realizadas lá. E no piso inferior poderia ter restaurantes, lanchonetes, bancos, etc... e ainda poderia abrigar Detran, Enersul facilitando a vida da população...
 
Jorge Costa em 17/04/2012 10:18:55
um lugar tem que ter,para a nossa c asa de leis,na antiga rodoviária é um ótimo lugar,pois o povo tem que estar perto,e lá se gastaria muito pouco para reformar,é isso que precisamos economia e intelig~encia
 
LUIZ GOMES em 17/04/2012 10:14:50
Eu acho ótimo esses vereadores irem para aquele local, pois economizaria dinheiro e daria uma nova cara para aquele lugar. Ja se falou em varias entidades mudarem para lá, a mais apropriada seria realmente a camara, pois ficaria bem mais perto da população.
 
DALVA JUSTINA GARCIA em 17/04/2012 09:25:16
Já que são vereadores eleitos pela população,e trabalham para o bem da população,porque não vão para perto da população,olha ai bem centralizada a praça Ary Coelho,ou a praça do Rádio Clube!!!
 
Willian Moreira Lima em 17/04/2012 07:41:45
OS NOSSOS NOBRES VERADORES , NÃO ESTÃO PREOCUPADOS , SÓ COM
AS INSTALAÇOES DO ANTIGO PREDIO DA RODOVIARIA . E SIM A FALTA DE
LUXURIA , ESSA É A PRECUPAÇÃO , SOMENTE PARA BENEFICIO PROPRIO
DE ALGUNS ...
 
LUIZ PECORA em 17/04/2012 03:41:02
Por que não usarem o prédio do antigo Hotel Campo Grande... tem espaço para todo mundo lá e o prédio esta fechado. São quase cem apartamentos... cada vereador ficaria com dois para os gabinete. O saguão poderia ser transformado em plenário.
Esta escrito Hotel Campo Grande, só tirar o hotel e colocar câmara.
 
Ronilço Oliveira em 17/04/2012 03:01:57
REALMENTE A RODOVIARIA ANTIGA NÃO SERIA MAIS ANTIGA MAS SIM A REFORMA QUE ELA SOFRERIA É PERIGOSO FICAR MELHOR QUE A REFORMA DO SHOPPINGS DA CIDADE ESTA AI A MELHOR OPÇÃO PARA SER A NOVA CAMARA DE VEREADORES DE CAMPO GRANDE TEM ESTACIONAMENTO COBERTO, E DARIA A CIDADE UM NOVO CONCEITO DE CAPITAL MODERNA COLOQUE UMA ENQUETE NO SITE DO CAMPO GRANDE NEWS.
 
JOÃO HERRERA em 17/04/2012 02:33:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions