A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

05/07/2011 12:29

Após denuncias, CGU inicia auditoria em obras do Ministério dos Transportes

Fabiano Arruda

Por determinação da presidente Dilma Roussef (PT), a CGU (Controladoria-Geral da União) iniciou análise em todas as licitações, contratos e execução de obras que deram origem às denúncias recentes sobre irregularidades no Ministério dos Transportes e órgãos a ele vinculados.

Segundo informações da CGU, as auditorias abrangem órgãos centrais do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) e da Valec, em Brasília (DF), como também suas representações regionais.

Conforme notícia publicada pela Agência Brasil nesta terça-feira, o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, participará na semana que vem de audiência pública conjunta das comissões de Infraestrutura e de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle para explicar as denúncias de superfaturamento e pagamento de propina em contratos do Dnit.

Senadores de oposição já pedem que a PGR (Procuradoria Geral da República) investiguem Nascimento.

Outra acusação é que o Ministério dos Transportes aumentou neste ano os valores de pelo menos 11 contratos de obras em estradas e ferrovias que tiveram irregularidades apontadas pelo TCU (Tribunal Contas de União). A verba extra para as obras sob suspeita somaria R$ 113,5 milhões.

Em Mato Grosso do Sul, o superintendente do Dnit, Marcelo Miranda, disse desconhecer se há obras no Estado na mira da auditoria anunciada pela CGU. Ele também acredita que a crise no ministério não afetará o andamento de serviços em MS porque “há um programa” de execuções em andamento e não “há como mudar”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions