A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/06/2010 16:56

Após reuniões, Edil diz que decide suplência até segunda

Redação

O vice-prefeito Edil Albuquerque (PMDB) teve um dia de intensas reuniões políticas, mas não decidiu se será candidato a suplente de senador.

Após a reunião nesta tarde com o governador André Puccinelli e o prefeito Nelson Trad Filho (ambos do PMDB), Edil Albuquerque pediu um prazo para pensar sobre a candidatura. Ele dará a resposta até segunda-feira.

"Eu escutei as ponderações, o posicionamento do governador e vamos analisar", disse Edil. "Ele (André) não quer que a gente saia do grupo. Ele disse aquelas coisas, que não quer que eu saia do grupo, que eu valorize", acrescentou.

Na manhã de hoje, o vice-prefeito já havia tido reunião com vereadores e o pré-candidato ao Senado Murilo Zauith (DEM), na Câmara Municipal de Campo Grande.

Uma declaração atribuída ao governador tinha feito Murilo Zauith e Edil Albuquerque desistirem da candidatura. Na ocasião, Edil chegou a afirmar que não discutiria mais política com o governador.

A declaração atribuída ao governador era de que seriam eleitos senadores o deputado federal Waldemir Moka (PMDB) e o senador Delcídio do Amaral (PT). A dupla Murilo (senador)- Edil (suplente) era pré-candidata na chapa de André Puccinelli.

Após André ter afirmado que as declarações estavam fora de contexto e não condiziam com a realidade, Murilo voltou a se colocar como pré-candidato. A suplência está vaga.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions