A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/12/2009 06:05

Aprovação de Puccinelli bateu recorde em dezembro

Redação

A gestão do governador André Puccinelli bateu recorde neste mês, atingindo o mais alto índice de aprovação desde outubro de 2007. Segundo o Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), 69,3% dos sul-mato-grossenses consideram a sua administração ótima ou boa.

Desde abril de 2008, a avaliação do peemedebista superou a barreira dos 60% e se manteve neste patamar, encerrando o ano de 2009 próximo de 70%.

A administração é considerada regular para 21,8% dos eleitores, enquanto apenas 8,9% a consideram ruim ou péssimo. Apesar do crescimento de 0,7 ponto percentual em relação ao mês de setembro deste ano, a reprovação permanece abaixo dos dois dígitos, marca sustentada desde julho deste ano.

O percentual de aprovação atinge 73,34% na Capital e 67,01% no interior do Estado. O menor índice foi constatado na região Leste (66,67%). Também é maior entre as mulheres (72,32%) do que entre os homens (66,04%). Por faixa etária, a aprovação é melhor entre os eleitores com mais de 70 anos (74,77%) do que entre os adultos de 46 a 55 anos (62,85%).

Já por nível de renda, 70,34% dos moradores com renda de três a oito salários mínimos consideram a administração ótima ou boa. O menor índice está entre os mais ricos, com renda superior a R$ 3,7 mil (62,71%).

Os índices mais desfavoráveis ao governador só foram registrados no primeiro ano de mandato, quando suspendeu os programas sociais e não teve condições de conceder reajuste aos funcionários públicos estaduais. Agora, três anos depois, ele colhe os frutos da administração.

Os programas sociais beneficiam 50 mil famílias com bolsa mensal no valor de R$ 120. Além do valor ser reajustado no próximo ano, os beneficiados vão receber 13º neste mês.

Já os servidores públicos colhem reajustes salariais acima da inflação desde o ano passado. Após autorizar aumento de 9,73% nos vencimentos dos professores, o governador já sinaliza com aumento acima da inflação a partir de maio para os demais funcionários estaduais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions