A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/11/2010 12:31

Artuzi optou por adiar cirurgia de hérnia, diz advogado

Redação

Preso desde o dia primeiro de setembro, o prefeito afastado de Dourados, Ari Artuzi (expulso do PDT e hoje sem partido) decidiu não fazer por enquanto uma cirurgia de hérnia recomenda pelos médicos depois que foi internado, com dores, já após estar preso, em Campo Grande.

O advogado de Artuzi, Carlos Marques, informou esta manhã que a decisão de não se submeter à cirurgia foi do próprio prefeito. Conforme o advogado, como se trata de uma operação sem urgência, ele preferiu aguardar o desenrolar dos pedidos de liberdado para não ter de passar pelo incômodo de ir algemado até um hospital.

A defesa está aguardando o julgamento do STJ (Superior Tribunal de Justiça) de um pedido de habeas corpus que começou a correr ontem.

Artuzi está no Presídio Federal de Segurança Máxima de Campo Grande desde o dia 22 de setembro, quando foi transferido após ter fica em duas unidades da Polícia Civil, primeiro a 3ª Delegaciad e Polícia e depois o Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros).

Na penitenciária federal, ele saiu ontem do período de adaptação, quando não são permitidas visitas além do advogado.

Hoje, segundo o advogado de Artuzi, a filha adolescente do prefeito e a cunhdada foram ao presídio para fazer o cadastramento como visitantes. Depois disso, elas vão ter de aguardar para saber se o pedido será aceito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions