A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

23/10/2019 20:04

Bancada de MS tem 3 eleitos em pesquisa sobre a Elite Parlamentar de 2019

Simone e Nelsinho figuram como lideranças formais no Congresso em estudo da Arko Advice, e Fábio Trad como informal

Humberto Marques
Nelsinho (ao centro) preside a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)Nelsinho (ao centro) preside a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Mato Grosso do Sul emplacou dois senadores e um deputado federal na Elite Parlamentar 2019, pesquisa realizada anualmente pela Arkos Advice e que foi divulgada nesta semana. Os senadores Simone Tebet (MDB) e Nelsinho Trad (PSD), apontados como lideranças formais, e o deputado federal Fábio Trad (PSD), líder informal, integram o rol de 110 parlamentares –74 deputados federais e 36 senadores– citados no levantamento.

A Elite Parlamentar pesquisada pela Arko Advice envolve os deputados federais e senadores que atuam decisivamente no andamento dos trabalho, elaboração da agenda legislativa e representam interesses da sociedade ou facções políticas. Eles atuam em negociações com o Poder Executivo, representam grupos de pressão, operam na busca de consenso e influenciam nas decisões do Planalto ou deixam sua marca no Congresso.

Líderes formais são os que ocupam as estruturas previstas na Câmara e Senado. A existência dos cargos, porém, não qualifica seus ocupantes como pessoas influentes –o que é mais vinculado às suas decisões quanto a agenda e encaminhamento de deliberações, peso político junto aos liderados, e o comando ou relatorias em comissões que tratam de projetos de relevância.

Quanto aos informais, não estão na estrutura formal de poder, mas são procurados por outros parlamentares graças às suas qualificações pessoais ou advindas de sua atuação ou representatividade, reconhecidas por colegas no Congresso.

“O senador Nelsinho Trad se insere na Elite Parlamentar 2019, de acordo com nossa metodologia, na qualificação de liderança formal, visto que ele preside a Comissão de Relações Exteriores, uma das mais importantes da Casa face a agenda política do país”, explicou Marcos Augusto de Queiroz, analista da Arko Advice. O mesmo peso foi dado a Simone, que comanda a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania).

“Como presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, venho defendendo os interesses do nosso Estado e país. Não falto a uma sessão e atendo a todos os embaixadores e representantes dos municípios de Mato Grosso do Sul”, disse Nelsinho.

Fábio, por sua vez, foi indicado como liderança informal com “especialista”. “Especialistas são parlamentares que possuem qualificação específica para debater temas tais como assuntos jurídicos; infraestrutura, economia, entre outros. São conhecidos, na tipologia empregada pelo Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), como formuladores”, explicou Queiroz.

Com 38 anos de atividade, a Arko Advice é uma das principais empresas brasileiras dedicadas à análise política e estratégica, produzindo relatórios com previsão de riscos e antecipação de tendências a grandes empresas e investidores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions