A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

14/04/2015 13:30

Base e oposição cobram explicações sobre falta de 'mistura' na merenda

Kleber Clajus
Vereadores aprovaram pedido de cópia dos contratos de fornecimento de merenda, empenho e comprovante de pagamento (Foto: Kleber Clajus)Vereadores aprovaram pedido de cópia dos contratos de fornecimento de merenda, empenho e comprovante de pagamento (Foto: Kleber Clajus)

Vereadores da base e oposição ao prefeito Gilmar Olarte (PP) aprovaram, nesta terça-feira (14), requerimento para que se explique atraso ou falta de entrega de alimentos em Ceinfs (Centros de Educação Infantil) e escolas municipais de Campo Grande. A principal queixa é a falta de mistura na merenda das crianças.

Thaís Helena (PT) propôs o requerimento com base em denúncias, publicadas na imprensa, em que diretores das unidades escolares se queixavam que os itens não perecíveis, de hortifrúti e carne eram insuficientes para atender a demanda de alunos. O pedido ainda requer cópia dos contratos de fornecimento de merenda, empenho e comprovante de pagamento.

Para Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), o questionamento é pertinente, porém requer memória de falha ocorrida quanto a petista comandava a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) durante a gestão do ex-prefeito Alcides Bernal (PP). “Ela deu os pulos dela e regularizou, mas merenda não pode faltar”.

Na votação o líder do prefeito, Edil Albuquerque (PMDB), amargou derrota de 10 contra 5 votos, tendo na equipe contrária somente Airton Saraiva (DEM), Francisco Luis Saci (PRTB), Loester Nunes (PMDB) e Ademar Vieira Junior, o Coringa (PSD).

Ainda que criticando o fato dos vereadores serem “pautados pela imprensa”, João Rocha (PSDB) acabou por confirmar o pedido de informações. O tucano ainda pontuou que o fato de servidores administrativos realizarem refeições em Ceinfs e escolas também prejudica o processo.

Também foram favoráveis a proposta Waldecy Chocolate (PP), Chiquinho Telles (PSD), Luiza Ribeiro (PPS), Ayrton Araújo (PT), Marcos Alex (PT), Paulo Pedra (PDT) e Carla Stephanini (PMDB).

Conforme a assessoria de imprensa do município, a direção dos centros de educação infantil informou que não há falta de mistura para a merenda.

Repasses – Em paralelo, Thaís também conseguiu apoio para aprovar questionamento sobre regularidade de repasse para creches conveniadas para receber repasse do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

A solicitação requer cópia dos contratos e balanço referente aos valores repassados as entidades.

Falta "mistura" na merenda e Ceinfs agora têm iogurte em pó de lanche
Iogurte em pó dissolvido em água e falta de mistura no fim da semana têm feito parte do cardápio das crianças em Ceinfs (Centro de Educação Infantil)...
Câmara vai homenagear 84 pessoas em sessão do aniversário de 118 anos
A Câmara Municipal de Campo Grande vai homenagear 84 pessoas em sessão solene na próxima quarta-feira (dia 23). Na ocasião, a partir das 19h, serão ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions