A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018

19/04/2013 19:49

Bernal faz 4º repasse à Câmara da Capital; valor teve reajuste de 22,17%

Zemil Rocha
Prefeito Bernal fez hoje mais um repasse do duodécimo à Câmara (Foto: Arquivo)Prefeito Bernal fez hoje mais um repasse do duodécimo à Câmara (Foto: Arquivo)

A Câmara de Campo Grande vai receber durante todo este ano R$ 55.474.000,00, o que representa 22,17% a mais do que foi repassado ao Legislativo Municipal para o pagamento de suas despesas em 2012, conforme dados revelados hoje pelo prefeito Alcides Bernal (PP). O reajuste foi maior do que o do Orçamento inteiro do município, que cresceu 15,43% no mesmo período.

Neste ano de 2013, o Orçamento do município de Campo Grande é de R$ 2,7 bilhões, um acréscimo de 15,43% em relação ao Orçamento Municipal de 2012, que foi estimado em R$ 2,4 bilhões.

Nesta sexta-feira, Bernal autorizou o repasse da quarta parcela do duodécimo para a Câmara Municipal, no valor de R$ 4.622.833,33, já descontados os R$ 510.369,72 da Previdência Social (INSS).

O aumento do repasse à Câmara da Capital, que superou em quase 7 pontos percentuais o crescimento global do Orçamento da cidade para 2013, teve como um dos principais motivos o aumento do número de vereadores, de 21 para 29 após mudanças determinadas pela Justiça Eleitoral.

A tendência, porém, é que esses valores de repasse à Câmara de Campo Grande fiquem praticamente congelados no próximo exercício financeiro, de 2014, já que a previsão da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) é de reajuste global de apenas 0,61% para o Orçamento do Município, dez vezes menor do que a previsão inflacionária para este ano, de 6,15%.

 



EITA DESPESA ALTA ,PRA ONDE VAI TANTO DINHEIRO ASSIM,SE A MAIORIA DA POPULACAO VIVE COM MENOS DE 700,00 POR MES,E ESSES VEREADORES QUE NAO FAZEM NADA EM PRO DO POVO,PORQUE NAO PEGAO ESSE DINHEIRO TODO E VAO FAZER CASAS POPULARES PARA O CIDADAO QUE REALMENTE TRABALHA, E INVESTE MAIS NA EDUCAÇAO E SAUDE,SEGURANÇA E LAZER AO INVES DE JOGAR TODO ESSE DINHEIRO FORA ,PORQUE E JOGADO FORA MESMO.
 
Agnaldo Silva em 20/04/2013 09:34:43
O Cargo de Vereador não deveria ser escolhido no voto, mas sim por concurso público, por período determinado, e ainda, deve ser exigido curso de Nível Superior, pois nessa legislatura como tem vereador ruim... Dá até vergonha de assistir a sessão plenária na tv.
 
EDUARDO KANASHIRO em 19/04/2013 21:17:04
Concessão de aumento salarial aos professores não pode. Justificativa da falta de material e alimentos, nos Ceinf's e escolas, é a falta de verbas. Repasses absurdos aos Vereadores ninguém na Câmara se manifesta contra. Francamente.
 
Adriano Humberto Ferreira de Souza em 19/04/2013 21:02:56
Quanto dinheiro público jogado no lixo, sem nenhuma serventia para a população. Tem que haver mesmo um projeto para acabar com o cargo de vereador remunerado.
 
luiz alves em 19/04/2013 20:09:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions