A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/05/2014 18:11

Bernal faz reunião de pré-candidatos do PP marcada por boicote e vaias

Josemil Arruda e Zana Zaidan
Bernal lamentou o clima de ruptura por parte do grupo de Olarte (Foto: Zana Zaidan)Bernal lamentou o clima de "ruptura" por parte do grupo de Olarte (Foto: Zana Zaidan)

O ex-prefeito Alcides Bernal reuniu cerca de 100 militantes do Partido Progressista (PP) esta tarde e garantiu que estavam ali presentes 64 pré-candidatos às eleições proporcionais deste ano, apesar da ausência de 15 do grupo do prefeito Gilmar Olarte. Ao chegar ao evento, que foi transferido para o Hotel Advanced, na Av. Calógeras, Bernal lamentou o boicote dos pré-candidatos ligados a Olarte.

“A postura de Olarte de ruptura é lamentável, mas previsível e faz parte. Estou convicto de que nossos candidatos vão vencer nas urnas, como já vencemos em Campo Grande”, afirmou Alcides Bernal, informando que o PP tem 48 pré-candidatos a deputado estadual e 16 a deputado federal, com meta de eleger dois federais e quatro estaduais.

O advogado Raimundo Moreira disse que foi representar o grupo de Cezar Afonso na reunião comandada por Bernal, que o apresentou como se estivesse ali em nome do prefeito Gilmar Olarte, provocando vaias. “Esse é o Raimundo, que veio representar o Olarte”, afirmou o ex-prefeito. Raimundo Moreira disse não ter se importado com vaias. “Estou aqui cumprindo o meu papel de progressista e isso é democracia”, declarou.

Pré-candidatos - Entre os pré-candidatos a deputado estadual do PP, participaram do evento o vereador Derly dos Reis, o Cazuza, Evander Vendramini e Odmar Marcon. Alguns foram apresentados apenas pelo primeiro nome ou da cidade onde têm sua base eleitoral, como Virgínia de Dourados, Guiomar e Corumbá.

A reportagem do Campo Grande News não localizou nenhum candidato a deputado federal, embora Bernal tenha garantido que teria 16 nomes para esse cargo.

Alcides Bernal disse que seu partido tem força e representatividade até para lançar nome de candidato ao Senado. Não falou, condudo, de nome, avisando que vai deixar para a convenção do PP, no dia 30 de junho. Indagado se poderia ser candidato nas eleições deste ano, Bernal negou. “Vou buscar de volta o meu mandato”, declarou.

O ex-prefeito também enalteceu, durante o evento, a presença de todos os ex-secretários municipais de sua gestão, com exceção de Wanderley Ben Hur, ex-titular da pasta de Planejamento, Finanças e Controle. Prestigiaram o evento do PP lideranças de outros partidos, como Marcus Garcia, ex-presidente estadual do PT, o deputado estadual Amarildo Cruz (PT), o vereador Paulo Pedra (PDT) e o ex-secretário Pedro Chaves (PSC).

 

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions