ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  18    CAMPO GRANDE 22º

Política

Bernal pede emendas a bancada federal e vai priorizar Hospital Municipal

Por Leonardo Rocha | 22/11/2013 10:21
Bernal se reúne com presidente da ANTT para viabilizar alterações no córrego Bálsamo (Foto: Assessoria)
Bernal se reúne com presidente da ANTT para viabilizar alterações no córrego Bálsamo (Foto: Assessoria)
Prefeito entrega projeto de Hospital Municipal ao senador Delcídio que vai disponibilizar emenda para obra (Foto: Assessoria - César Krugel)
Prefeito entrega projeto de Hospital Municipal ao senador Delcídio que vai disponibilizar emenda para obra (Foto: Assessoria - César Krugel)

O prefeito Alcides Bernal (PP) foi a Brasília (DF) para pedir o apoio da bancada federal a inclusão de emendas no Orçamento da União par 2014. A principal prioridade será a construção do Hospital Municipal de Campo Grande.

 Ele também entregou ofícios, requisitando a indicação de emendas a diversos setores da Capital, para serem incluídas no orçamento geral da União em 2014, mas não divulgou os valores. 

O secretário de Infraestrutura, Semy Ferraz, que acompanhou o prefeito durante a viagem, destacou que o pedido a bancada federal foi para indicar emendas em áreas como saúde, educação, infraestrutura e mobilidade,  além de empenhar o valor em relação ao Hospital Municipal.

“Já existe uma emenda do senador Delcídio do Amaral (PT) de R$ 40 milhões para iniciar a obra (hospital), que está avaliada em R$ 112 milhões, resta agora o recurso ser empenhado ainda este ano, para que seja liberada em 2014”, destacou o secretário.

O prefeito percorreu o Congresso e protocolou em todos os gabinetes da bancada federal de Mato Grosso do Sul, ofícios solicitando emendas de diversas áreas.

“Recebemos o prefeito com sua comitiva que pediu a indicação de emendas para Capital em diversas áreas diferentes, o prazo vence na semana que vem, vamos estudar para ajudar a cidade”, destacou o deputado federal Vander Loubet (PT).

A assessoria do deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM) também confirmou a presença do prefeito e destacou que os ofícios foram deixados para análise do democrata. O deputado não recebeu o prefeito ontem, pois já havia embarcado para Campo Grande.

O deputado Geraldo Resende (PMDB) ressaltou que conversou rapidamente com o prefeito e sua equipe ficou de marcar uma pauta para que ele apresente os projetos da Capital. “Vamos ajudar assim como fazemos a todo Estado, seja nas emendas ou na articulação dos projetos junto aos ministérios”, destacou ele.

Já o deputado Antônio Carlos Biffi (PT) ressaltou que o prefeito teve “agenda cheia” em Brasília e que apesar das disputas políticas na Capital, a bancada federal tende a trabalhar unida para liberar emendas à Capital. “São recursos que podem ajudar nas escolas, infraestrutura e saúde, vamos cooperar”, disse.

Solicitação – Além de visitar a bancada federal e participar da 5ª Conferência Nacional das Cidades, o prefeito participou de reunião com o presidente da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Jorge Bastos, para discutir soluções da obra do Complexo Bálsamo, na Capital.

“Nós pedimos a autorização para fazer um ramal por baixo do córrego, já que o local está com erosão e com risco de desabamento, a tubulação não atende o volume de água, o que pode atingir 150 famílias”, destacou Ferraz.

Semy ainda apontou que perto do local, no bairro Nossão Senhora das Graças, funciona as atividades do CICA (Centro de Integração da Criança e do Adolescente). “Pode acontecer uma tragédia, por isso estamos correndo atrás desta autorização”, alertou.

Vander Loubet, que acompanhou a comitiva do prefeito, destacou que o presidente da entidade ficou de avaliar o projeto e dar os devidos encaminhamentos.

“Esperamos uma resposta rápida, pois se acontecer algum problema maior, eles vão assumir a responsabilidade”, ressaltou Semy Ferraz.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário