A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/03/2010 10:37

Bloco se reúne com Murilo e cobra posição sobre Senado

Redação

O BDR (Bloco Democrático Reformista) se reúne hoje na sede do diretório estadual do DEM para cobrar do vice-governador Murilo Zauith um posicionamento em relação a sua participação nas eleições desse ano. O BDR é composto pelo PSDB, DEM e PPS.

A informação foi dada pelo deputado estadual e presidente estadual do PSDB, Reinaldo Azambuja, durante a abertura do VI Seminário de Vereadores.

"Vamos conversar com o Murilo, temos que saber qual a posição dele, pois se não quiser disputar o Senado, tem quem quer", explicou.

A senadora Marisa Serrano, que também participará do encontro, preferiu não comentar a possibilidade de um "Plano B", caso Murilo desista de disputar o Senado.

Porém, admitiu que todos os partidos do BDR tem em seus quadros nomes competentes para a disputa, em caso de uma nova candidatura.

Sobre o fato de o governador André Puccinelli (PMDB) preferir dar atenção à campanha ao Senado de Waldemir Moka (PMDB) e com isso nenhum candidato querer ir para o sacrifício, a senadora disse que não existe o "já ganhou".

"Se estivesse decidido que o Moka e Delcidio vão ganhar, nem precisaria ter eleição, já entrei em eleições que parecia que iria perder e ganhei e já vi gente com a eleição ganha perder nas urnas".

Segundo a senadora, Dourados é um município grande e que há tempos sonha em ter um senador.

"Hoje as pesquisas apontam que o Murilo ganha do Moka. Não existe cartas marcadas para o Delcídio do Amaral e Moka", afirmou.

Hoje, o governador André Puccinelli garantiu que indicará alguém "com sua cara" para compor a suplência de Murilo. Esta era uma garantia do vice-governador para disputar o Senado.

Além de Murilo, Azambuja e Marisa, estará presente na reunião Athayde Nery (PPS).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions